Black Friday e a Evolução do E-commerce

Black Friday e a Evolução do E-commerce

Black Friday No Brasil

A Black Friday está batendo à nossa porta e os números prometem boas compras, apesar da crise que atinge o Brasil atualmente. Por isso, se você tem sua loja virtual e está se preparando para a sexta-feira mais otimista do ano, que tal conferir esse infográfico e entender mais sobre o evento?

O universo da Black Friday é gigante. A princípio ela foi criada para limar as vendas de ações de graças nos Estados Unidos e preparar as lojas para as vendas do Natal. Era limpeza de estoque total. Por isso, as promoções e preços eram bem abaixo do mercado. Com o tempo, a data começou a ganhar o mundo, principalmente no comércio virtual. Neste cenário de pesquisas, promoções e conversões, ganha quem ofertar mais facilidades tanto no pagamento quanto no preço. Ganha quem conseguir conquistar o cliente.

E é aí que o comércio virtual sai ganhando. Não precisa se dirigir a uma loja física para comprar os melhores produtos. Pesquisar na internet o objeto desejado e buscar os melhores sites para realizar a adesão se tornou muito mais que uma necessidade, hoje é diversão.

E as facilidades não param por aí. Além de comprar tudo o que precisa em poucos cliques, o consumidor recebe o produto em casa. Isso aumenta a comodidade e fideliza o internauta.

A evolução das compras virtuais

Com a globalização a ideia era diminuir as lacunas e os espaços entre uma loja e o consumidor. Baseado neste objetivo, em 1979, Michael Adrich inventou as compras online. Foi então que tudo começou a fazer sentido.

O próximo passo foi na década de 80 quando a empresa americana CompuServ começou a disponibilizar os primeiros serviços de compras aos usuários. Este serviço, conhecido como um dos primeiros shoppings virtuais tinha 110 comerciantes.

Em 1995, a Amazon e o E-bay iniciaram suas vendas. Começa então uma nova era no comércio virtual. Desde então, os serviços foram evoluindo e ganhando melhorias. Em 2010, o Brasil tinha 80 milhões de internautas, naquela época, destes 27 milhões compravam pela internet. Em 2013, o E-commerce no Brasil tinha 51,3 milhões de consumidores e faturou 28,8 bilhões.

Com tanto crescimento e demanda, pesquisas e estudos foram necessários para adaptar estes sites à exigência dos consumidores, que agora possuem maior poder de escolha, tendo em vista que antes de comprar eles pesquisam para ter confiança total na aquisição.

O ápice desta tecnologia e forte tendência para 2016 são as compras que podem ser feitas na própria rede social. Sim, se antes, por exemplo, para comprar ainda era preciso sair do Facebook para ir até a loja virtual, agora comprar pela rede social já é possível. Graças a uma parceria entre o Facebook e a Shopify agora os lojistas podem mostrar e vender os produtos pelo Facebook. Ficou muito mais fácil, simples e rápido.

Mas, que tal entender tudo isso por meio de um infográfico com informações que vão te ajudar a entender mais sobre o universo das compras virtuais e da Black Friday? Descubra o começo de tudo, quando a Black Friday realmente pegou no Brasil, qual é a região brasileira que mais compra, os produtos mais comprados pelos internautas e as estimativas para a Black Friday 2015.

Selo Black Friday Legal

Embora seja uma tradição antiga nos Estados Unidos, a Black Friday ainda é um costume, relativamente, novo no Brasil. Por isso, alguns comerciantes não entendem o objetivo da “sexta-feira negra” e não aplicam os descontos necessários. Ou aumentam o valor dos produtos uma semana antes, para baixar na Black Friday e dizer que estão em promoção.

Enfim, uma série de acontecimentos que prejudica o objetivo do evento e deixa o consumidor digital desconfiado. Para evitar este tipo de problema, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criou um selo oficial, Black Friday Legal, que ao ser exibido no site, atesta que a loja virtual é idônea e aplica os descontos de acordo com a ética do evento e do e-commerce.

Fique de olho nestas e em outras informações neste infográfico desenvolvido pela SEO Marketing!

Infograph Black Friday E-commerce

Tópicos:

Deixe um comentário ...

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.