Marketing para Millennials: 5 Grandes Tendências

Marketing para Millennials: 5 Grandes Tendências

Millennials são muito importantes. Eles não são apenas a maior geração desde o "baby boom", como também estão prestes a entrar em seus anos mais importantes como compradores.

Até o ano 2020, os millennials vão gastar a incrível soma de $1,4 trilhão anualmente – ou 30% de todas as vendas do varejo apenas nos Estados Unidos. Isso significa que os empreendedores agora precisam começar a pensar como os millennials, ou arriscarão ficar rapidamente para trás.

Neste post, vamos analisar as maiores tendências que estão construindo o comportamento de compra dos millennials, bem como as estratégias mais eficazes que você pode utilizar para criar campanhas de marketing mais ágeis e inteligentes para sua empresa. As estratégias de marketing para millennials estão se alterando a cada dia, mas, com este conjunto de dicas úteis, você conseguirá se adaptar rapidamente e acompanhar o ritmo dos seus clientes mais jovens e dinâmicos.

Portanto, vamos mergulhar nas tendências de marketing para millennials que vêm crescendo mais rapidamente e descobrir o que elas podem significar para sua empresa.

1. Conteúdo Gerado Pelo Usuário

Marketing para Millennials

Quando se trata de segmentar millennials online, seus clientes são um dos seus recursos mais valiosos.

O conteúdo gerado pelo usuário é uma ótima forma de levar os millennials mais adiante no funil de conversão, principalmente porque eles confiam nesse tipo de conteúdo 50% mais do que qualquer outro tipo de mídia. Essa é uma notícia ruim para empresas que ainda focam na publicidade tradicional, mas uma excelente novidade para as marcas que já possuem movimentadas comunidades online ou que esperam construí-las em breve. A prova social é um fenômeno poderoso, e às vezes seu público apenas precisa ver seus produtos em ação antes de dar o passo final e concluir uma compra.

Existem algumas maneiras diferentes não apenas para incentivar seu público a compartilhar suas experiências, mas também para reutilizar esse conteúdo em suas campanhas de marketing. Vamos dividi-las entre duas das plataformas mais populares para conteúdo gerado pelo usuário, Instagram e YouTube:

Instagram

Com formato altamente visual e mais de 300 milhões de usuários (mais da metade situados na faixa etária dos millennials), o Instagram é ideal para capturar as experiências pessoais dos seus clientes de forma esteticamente agradável.

Uma das melhores maneiras de aproveitar o conteúdo gerado pelo usuário no Instagram é republicar as fotos dos seus clientes. Esse processo é mutuamente benéfico, tanto para você quanto para seus clientes: estes sentirão a emoção de ver suas fotos no seu feed e garantir maior exposição de suas contas, enquanto você começará a se engajar com seu público em um nível mais pessoal, recebendo um influxo de conteúdo novo. Republicar regularmente o conteúdo do seu público transformará seus clientes em defensores da marca que ajudarão você a expandir a influência da sua marca online.

Para começar a coletar conteúdo gerado pelo usuário que você possa republicar no seu feed, crie uma hashtag da marca a qual seus clientes possam utilizar para exibir suas compras. Certifique-se de que sua hashtag seja curta, marcante e fácil de lembrar. Ao oferecer para seu público um canal de conteúdo, você conseguirá reunir fotos de produtos em um único lugar e cultivar sua própria comunidade online.

Quando os clientes começarem a compartilhar fotos dos seus produtos, republique as melhores imagens na conta da sua empresa no Instagram, seja fazendo uma captura de tela do post original ou utilizando um app como o Repost. Certifique-se de mandar uma mensagem breve para o cliente que fez a publicação original – afinal, eles merecem isso por ajudar você.

As fotos dos clientes ainda poderão impulsionar suas taxas de conversão. Quando as páginas de produtos exibem fotos originárias das redes sociais, os clientes da categoria millennials ficam 6 vezes mais suscetíveis a realizar uma compra.

A Urban Outfitters é um excelente exemplo de marca que aproveita o máximo do seu conteúdo gerado pelo usuário no Instagram. Com o auxílio do Fanreel, da Curalate, a página UOCommunity reúne fotos dos clientes e as organiza em feeds diferentes, através de hashtags como #UOOnYou, #UOMens, etc.

Então, as fotos dos clientes são associadas às páginas de produtos relevantes, permitindo que os clientes comprem facilmente as roupas que estão visualizando. Esses lookbooks colaborativos são uma ótima ferramenta para exibir os produtos da Urban Outfitters e ajudar os clientes a fazer compras de maneira mais embasada.

Se você possui uma loja virtual no Shopify, o Instagration é um app útil que pode facilmente integrar seu feed do Instagram e as fotos dos clientes ao seu site.

YouTube

O YouTube também é uma plataforma incrivelmente popular para os millennials. De fato, eles estão neste momento assistindo a mais conteúdo de vídeo no YouTube e em outras plataformas de streaming do que na TV. Essa enorme mudança cultural significa que o YouTube definitivamente deve ser sua prioridade, caso você queira fazer do conteúdo gerado pelo usuário uma parte da sua estratégia de marketing de conteúdo.

Permitir que seus clientes exibam seus produtos em vídeos é uma ótima maneira para que o restante do seu público decida se determinada compra vale a pena ou não. 86% dos millennials acreditam que o conteúdo gerado pelo usuário é uma boa indicação do nível de qualidade da sua marca, portanto, esse tipo de conteúdo na verdade pode ter grande influência sobre como seus produtos são percebidos.

Uma forma eficaz de fazer com que os usuários do YouTube criem mais conteúdo sobre sua marca é investir na embalagem do seu produto, para incentivar os clientes a criar vídeos de “unboxing”. Esses vídeos representam um exclusivo conteúdo gerado pelo usuário e seguem enquanto os clientes abrem os produtos pela primeira vez e compartilham suas impressões iniciais.

Os vídeos de desembalagem se tornaram uma parte importante do processo de decisão dos millennials, pois 62% das pessoas que assistem a vídeos de desembalagem o fazem enquanto pesquisam sobre uma compra. Produza uma experiência de desembalagem bem pensada, memorável e visualmente atraente a seus clientes, para incentivá-los a compartilhá-la com o mundo inteiro.

Recursos

Se você deseja saber mais sobre como utilizar o Instagram, o YouTube e o conteúdo gerado pelo usuário a favor da sua empresa, definitivamente deverá conferir estes artigos:

2. Marketing de Influência

Os millennials estão confiando cada vez mais nos influenciadores das redes sociais. Na verdade, 60% dos millennials disseram que experimentariam um produto sugerido por um YouTuber, e ⅓ deles consideram os blogs como ótima fonte de mídia quando pesquisam sobre uma compra.

Como resultado, colaborar com bloggers e influenciadores das redes sociais para segmentar os millennials se tornou uma área de enorme potencial para lojistas, principalmente em indústrias como moda e beleza. Ao levar seu produto às mãos dos influenciadores, você poderá alavancar o público atual deles e atingir melhor seus clientes ideais.

As indicações são ferramentas poderosas – 92% dos consumidores confiam principalmente nas indicações de conhecidos durante as compras. Portanto, conseguir aproveitar a confiança dos seus clientes nos influenciadores populares pode proporcionar um grande impulso ao seu crescimento e às suas vendas.

Se você deseja que seu produto seja destacado em um post de um blogger ou celebridade das redes sociais, um dos melhores métodos é simplesmente pedir. Muitos influenciadores incluem seus dados de contato na seção “sobre” do seu site ou perfil, e geralmente estão abertos para colaborar com promoções de produtos.

A chave para o marketing de influência é encontrar um influenciador que possua um público semelhante ao seu público-alvo. Certifique-se de pesquisar bastante e também de refinar seu pedido antes de entrar em contato.

Para se ter uma ideia melhor sobre como você pode utilizar o marketing de influência em sua empresa, vamos conferir algumas das maneiras pelas quais grandes marcas trabalham com Teni Panosian, uma guru de beleza do YouTube, para promover seus produtos.

Lookbook 

Teni foi contatada pela Target para escolher um conjunto de itens xadrezes de vestuário da loja virtual e criar um vídeo de lookbook sobre eles. Lookbooks são formas populares de conteúdo no YouTube, portanto, essa é uma forma sutil para a Target promover seus produtos ao público de Teni.

Favoritos

Aqui temos outro exemplo de produtos patrocinados sendo perfeitamente integrados em um formato de vídeo bem estabelecido no YouTube. Nos vídeos sobre “favoritos”, gurus de beleza listam seus itens prediletos do mês ou da temporada anterior, incluindo muitos produtos enviados pelas marcas.

Neste caso, o vídeo foi patrocinado por Eos e Graze. A Graze também ofereceu um código promocional para Teni, exibido na descrição do vídeo, que oferece aos seus fãs um brinde gratuito para ser resgatado.

Estilo de Vida

Para este vídeo, Teni ganhou uma viagem às Bahamas da Benefit Cosmetics e foi solicitada para documentar suas aventuras (que incluíram demonstrações de produtos e eventos patrocinados).

Esse tipo de conteúdo tem como objetivo representar o estilo de vida que uma marca está tentando vender aos seus clientes. 78% dos millennials preferem comprar uma experiência a um produto, ou seja, é importante que as empresas posicionem seus produtos como parte de um estilo de vida mais amplo e ambicioso.

Os conteúdos de estilo de vida nem sempre precisam ser suntuosos – experimente organizar um evento local que esteja de acordo com sua marca e convide influenciadores para participar e criar conteúdo sobre suas experiências.

Recursos

Se você pretende executar uma campanha de marketing de influência, utilize estes recursos para criar um pedido bem-sucedido e fazer com que seu produto seja destacado:

3. Transmissão ao Vivo

Do Twitch ao Periscope, os vídeos ao vivo estão em alta entre os millennials. Até mesmo o Facebook entrou na competição com um recurso de transmissão ao vivo primeiramente liberado apenas para celebridades, mas agora disponível a todos os usuários.

Não é nenhuma surpresa que a transmissão ao vivo esteja decolando. Quando os millennials consomem notícias, 43% deles valorizam mais a autenticidade do que o próprio conteúdo, e existem poucas coisas mais autênticas do que as transmissões ao vivo nas redes sociais, nas quais tudo pode acontecer.

A empresa de transmissão de jogos Twitch soma 100 milhões de visualizações por mês, das quais aproximadamente ⅔ são oriundas de millennials. Quando ocorre o chamado “binge watching” (assistir algo por horas a fio), os resultados são impressionantes: o usuário médio assiste a 106 minutos de transmissões ao vivo por dia, o que significa que o Twitch na verdade utiliza mais tráfego de internet que o Hulu e supera as grandes emissoras de TV durante o horário nobre.

Até mesmo os eventos mais comuns e cotidianos parecem conquistar uma enorme qualidade quando transmitidos ao vivo. No mês passado, um stream no Periscope de uma poça d'água em Newcastle alcançou 20.000 espectadores ao vivo. Isso mesmo: uma poça d’água.

 O hit viral foi criado pela agência de marketing de Newcastle Drummond Central e realmente mostra o verdadeiro potencial da transmissão ao vivo para criar momentos imperdíveis em um oceano de ruídos nas redes sociais.

Eventos de streaming como lançamentos de produtos, festas ou apenas uma demonstração dos bastidores do seu dia a dia aos espectadores são todos exemplos de ótimo conteúdo para o Periscope. Agora, as empresas têm a oportunidade de oferecer aos seus clientes um panorama verdadeiramente genuíno e íntimo do seu interior, no intuito de criar relacionamentos mais fortes com os clientes sinceramente engajados.

Embora o Snapchat não ofereça transmissão ao vivo, o fato de que suas fotos e vídeos desaparecem após 24 horas inspira o mesmo medo de ficar de fora, o que mantém os usuários assistindo às plataformas de transmissão ao vivo, como Twitch, Periscope e Facebook. Os millennials representam 7 de cada 10 usuários do Snapchat, fazendo desta outra plataforma muito importante para seu negócio, caso você pretenda atingir públicos mais jovens através de conteúdos em tempo real.

Recursos

Se você deseja utilizar as transmissões ao vivo na sua empresa, inspire-se através destes guias detalhados:

4. Redes Sociais

Millennials representam uma geração socialmente consciente com um forte desejo de fazer a diferença no planeta, o que os fez começar a procurar empresas para ajudá-los a causar um impacto maior. Mundialmente, 69% dos millennials querem que as empresas facilitem o envolvimento dos clientes em questões sociais, o que significa uma enorme oportunidade para que as empresas comecem a participar e ajudar.

Demonstrar responsabilidade social não é somente uma oportunidade para sua empresa tornar o mundo um lugar melhor, mas também para criar uma nova maneira pela qual os millennials possam implementar mudanças sociais. Experimente procurar problemas na sua própria comunidade, ou em uma escala global, os quais seu negócio possa ajudar a solucionar, e crie iniciativas em torno deles.

Seja através da parceria com uma boa causa, da doação de parte dos seus lucros à caridade ou da entrega de um dos seus produtos a uma pessoa necessitada a cada venda que você fizer, existem inúmeras formas para manter sua empresa envolvida com as causas mais importantes na opinião dos millennials: direitos iguais, meio ambiente e acesso à saúde.

Um ótimo exemplo de loja virtual que transformou a abordagem “compre um, doe outro” em parte central do seu modelo de negócios é a LSTN Sound Co, uma empresa de fones de ouvido que utiliza parte dos seus lucros para apoiar a recuperação da audição e ampliar no mundo inteiro o conhecimento sobre a perda auditiva.

Sempre que alguém compra um par dos seus fones de ouvido de madeira artesanais, um aparelho auditivo é doado para alguém necessitado. Essa é a forma perfeita para uma empresa demonstrar que não somente se importa em oferecer produtos de qualidade aos seus clientes, como também cuida de manter um impacto relevante no mundo à sua volta.

5. Preferência ao Mobile

Millennials realmente são a geração mobile, principalmente porque incríveis 87% deles mantêm seus celulares consigo durante cada segundo do dia.

Para as empresas, isso significa que os dispositivos móveis não podem mais ser deixados para depois – eles devem estar à frente de todas as estratégias de marketing. Os smartphones estão se tornando a principal passagem das pessoas no acesso à internet. Portanto, você deve garantir que tudo o que fizer esteja otimizado a qualquer tipo de dispositivo.

Das suas campanhas de email ao seu site, cada aspecto do seu negócio deve estar adaptado para dispositivos móveis. Veja alguns aspectos a se considerar durante a otimização da sua presença online para usuários mobile:

Tempo de Carregamento

Quando se trata da utilização do seu site, a quantidade de tempo que leva carregá-lo pode causar grande efeito sobre a permanência ou não dos clientes mobile. Se um site demorar mais que 3 segundos para ser carregado, 40% dos visitantes seguirão para outro lugar. Trata-se de milhares de leads que poderão visitar seus concorrentes porque seu site não está otimizado apropriadamente.

Uma forma simples de conferir a rapidez do carregamento do seu site é verificá-lo através do Google PageSpeed Insights. Essa é uma ferramenta útil que lhe permitirá saber exatamente o quão acessível é o seu site, além de prestar sólida assistência para você aprimorar seus tempos de carregamento. Sites que não são adaptados para dispositivos móveis afastam os clientes, motivo pelo qual todos os temas do Shopify são projetados para se tornar completamente responsivos.

Micromomentos

O Google define cada vez que um usuário pega um smartphone para conhecer, fazer, descobrir, assistir ou comprar algo como um “micromomento”, e, como o indivíduo médio verifica seu smartphone 150 vezes por dia, esses micromomentos estão atualmente ocorrendo em todos os lugares, ininterruptamente.

Isso significa que, como empreendedor, você precisa começar a pensar sobre como poderá utilizar conteúdo para capturar pessoas nesses momentos críticos de intenção. Seja ele um vídeo didático no YouTube ou um artigo informativo de blog, você deve criar uma estratégia para levar sua empresa à frente dos seus clientes quando eles mais precisarem dos seus produtos e serviços.

Para planejar como você pode aproveitar os micromomentos em sua empresa, o Google disponibiliza um guia detalhado que deverá lhe transmitir a inspiração necessária para criar uma estratégia de conteúdo mobile eficaz.

Loja Física

Para empresários com lojas tradicionais, a otimização mobile é fundamental. Antes mesmo de os clientes chegarem à sua loja, eles primeiramente tentarão encontrá-lo em seus smartphones. 50% dos usuários que buscam por um negócio local em seus smartphones acabarão visitando essa empresa dentro de 24 horas, portanto, você deve fazer todo o possível para aprimorar seu SEO local. Caso sua empresa não esteja sendo exibida apropriadamente nos resultados de busca, você poderá perder diversos novos clientes locais.

Mesmo quando as pessoas estão na sua loja, a otimização mobile ainda faz a diferença. 82% dos clientes agora verificam seus celulares para obter mais informações antes de comprar na loja, e 57% deles comparam preços em seus smartphones enquanto fazem compras, o que significa que garantir o ajuste do seu site e páginas de produtos para dispositivos móveis pode fazer toda a diferença para os clientes presentes nas suas unidades físicas.

Apps Mobile

Criar um app mobile de e-commerce para seu negócio também pode ser uma excelente maneira de facilitar as compras dos seus produtos aos millennials. Os apps de compra mobile são muito populares entre os millennials – quase metade de todos os usuários entre 18 e 34 anos já fez download de um app de compra mobile em seus smartphones.

Se você possui uma loja virtual no Shopify, pode facilmente vender seus produtos através de apps mobile, graças ao SDK de Compra Mobile do Shopify.

Recursos

Sua empresa precisa de ajuda para otimização mobile? Veja ótimos locais para começar:

Conclusão

Você está preparado para encarar a próxima geração de consumidores?

Com essas tendências permanentes na memória, você seguirá tranquilamente rumo à criação de campanhas de marketing capazes de atingir os millennials e expandir sua empresa!

Existem outras tendências de marketing para millennials que deixamos de fora? Comente com a gente nos comentários! Adoraríamos saber sua opinião.

Deixe um comentário ...

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.