Nova safra de aplicativos e parceiros para atender lojistas da Shopify no Brasil

Nova safra de aplicativos e parceiros para atender lojistas da Shopify no Brasil

Foto: Burst

Em meio à pior crise econômica do Brasil estão surgindo vários novos players que visam desenvolver aplicativos e prover serviços para atender os empreendedores e lojistas da Shopify no Brasil.

Estes empreendedores são atraídos pelo programa de parceiros de Shopify, que em 2016 gerou nada menos que $430 milhões em receitas com desenvolvedores de aplicativos e prestadores de serviços.

Não muito diferente do mercado financeiro, que vive de olho no futuro, a loja de aplicativos da Shopify é um marketplace que não deixa de ser um indicador das tendências entre os lojistas.

Nas últimas semanas, surgiram alguns novos aplicativos e especialistas que merecem a atenção dos lojistas Shopify no Brasil e servem como exemplo de empreendedores que identificaram necessidades ainda não atendidas no mercado local.

Template Icon

Veja todos os aplicativos para lojistas brasileiros!

Uma coleção de aplicativos de parceiros para facilitar a vida dos lojistas brasileiros da Shopify. Simplifique a emissão da nota fiscal eletrônica, faça a partilha do ICMS, calcule o frete dos Correios, ofereça parcelamento, etc.

Ver apps

Pacote de varejo

A primeira novidade se trata do desenvolvimento de um pacote de varejo – software e equipamentos para uso no varejo - pronto para uso com o aplicativo Shopify PDV no Brasil. A LuckInfo, que já trabalha com equipamentos de varejo e distribuição desde 1987, desenvolveu o Sistema AdCom – um software de automação e gestão comercial usado por varejistas e distribuidores. A novidade é que o Sistema AdCom agora está integrado com a Shopify, que permite a sincronização de dados de produtos, clientes e estoque entre a loja física e a loja virtual.

"No mundo do varejo, o lojista está acostumado a trabalhar com alguns equipamentos básicos e práticos no seu dia-a-dia, incluindo um aparelho SAT (Sistema Autenticador e Transmissor), que autentica e envia dados para a Secretaria da Fazenda. O cliente espera um Cupom Fiscal emitido e impresso no momento da compra para se sentir protegido na necessidade de troca ou devolução de um produto."
"Para lojistas com alto volume de vendas com loja física que planejam adicionar uma loja virtual à sua operação, trabalhar de forma desconectada ou paralela dificulta o planejamento e controle de estoque." – Paulo Bombonatti, da LuckInfo

Por isso o benefício do aplicativo AdCom XWS, que faz a integração entre a AdCom e Shopify. O app foi desenvolvido pelo irmão de Paulo e dono da agência de aplicativos canadense The Resistance Marketing, Flávio Bombonatti. 

"O aplicativo importa os produtos do banco de dados do seu AdCom (exceto imagens) e mantém o estoque sincronizado em um determinado intervalo. Além disso, o aplicativo gera uma venda no AdCom a partir de um pedido da Shopify, já com os dados prontos para emissão da NFe (Nota Fiscal Eletrônica), incluindo CPF e CNPJ. As vendas também incluem o valor líquido a ser recebido do PagSeguro, para melhor controle das contas a receber."

Segundo o site da Shopify, existem dois contextos para uso do aplicativo Shopify PDV, ou Shopify POS, como é chamado em inglês:

  • Shopify PDV sem um pacote de varejo – Para lojistas que planejam vender seus produtos em uma loja simples, pop-up ou uma feira usando o aplicativo Shopify PDV e um leitor de cartão de terceiros, basta usar o Shopify PDV e contratar um leitor de cartão externo. Isso permite que o lojista com apenas um iPad e máquina de cartão de crédito receba pagamentos, aplique descontos em produtos específicos e/ou em cima da compra inteira, marque vendas como despachadas / recebidas, e sincronize todos os dados da loja física com a loja virtual, incluindo clientes, vendas e estoque, tudo isso usando o aplicativo Shopify PDV.

Um bom exemplo desse método é a loja Zissou, apresentada durante o primeiro Shopify Meetup no Brasil em julho desse ano.

  • Shopify PDV com um pacote de varejo – Para lojistas ou distribuidoras que têm uma ou várias localizações físicas ou volume alto de vendas, é recomendável usar alguns equipamentos tradicionais de varejo (caixa, impressão de NF, etc.), e, portanto, é importante contratar um pacote de varejo.

Com o aplicativo Shopify PDV e um pacote de varejo, é possível imprimir recibos / notas fiscais, armazenar dinheiro em uma gaveta de dinheiro, trabalhar com recibos de presentes permitindo a troca de mercadorias, criar e escanear códigos de barra e criar cartões-presente (com o plano Shopify ou superior).

Ter um pacote de varejo também adiciona recursos que o ajudam a gerenciar sua loja de forma mais eficiente. Isto inclui cadastrar turnos para acompanhar suas vendas diárias e equilibrar o fluxo de caixa, criar senhas para que a equipe faça login com segurança ao processar vendas e utilizar a função salvar carrinho para recuperar o carrinho de um cliente mais tarde sem perder nenhuma informação de pedido.

A própria Shopify oferece um Pacote de varejo (Retail Package) para lojistas dos EUA e outros mercados, porém não está disponível atualmente no Brasil. Entretanto, existem várias empresas brasileiras que oferecem pacotes de varejo, entre elas a própria LuckInfo.

Aplicativo de validação de CPF/CNPJ

Um outro aplicativo recém lançado se chama Required e foi desenvolvido pela The Resistance Marketing. O Required possibilita a criação de campos de dados personalizados dentro da página de carrinho da loja. Entre os campos que podem ser criados, está um campo que capta e valida o CPF e CNPJ do comprador. O lojista pode escolher se o preenchimento do campo será obrigatório ou não.

Segundo Flávio Bombonatti, dono da The Resistance, a localização do campo precisa atender os requisitos da Shopify, que não permite o acréscimo de campos na página do checkout, e por isso adicionar os campos dentro do carrinho é o lugar mais lógico.

“A Shopify alerta para evitar de alterar o fluxo natural de compra, pois existe o potencial de queda na taxa de conversão quando o caminho de compra é alterado de forma significante,” conta Bombonatti. “No final, o lojista precisa determinar o que é importante captar do cliente.“ 

Quando o cliente preenche o campo e completa a compra, o dado validado é apresentado para o lojista dentro do pedido, e pode ser mapeado para ser importado por um aplicativo de ERP como o Tiny ou o AdCom.

Aplicativo de parcelamento

Uma outra novidade bem interessante é o aplicativo Parcelamento, desenvolvido pela Metaclick. Ele que informa para o cliente o número de parcelas e o valor da menor parcela disponível de cada produto no site em para compras parceladas no cartão de crédito.

Segundo Rodrigo Bernardes da MetaClick, informar ao cliente as parcelas disponíveis traz várias vantagens:

Informar o valor da parcela ajuda a convencer o consumidor brasileiro no momento da compra que o custo de produto não é tão alto assim – que pode ser encaixado dentro de seu orçamento se dividido em 3 ou 5 parcelas. O cliente já procura por esta facilidade, e mostrá-la de uma forma precisa na página do produto facilita sua decisão.

O aplicativo é personalizável e permite que o lojista selecione o número de parcelas disponíveis, além de três opções de frases prontas a serem exibidas na página do produto e no carrinho de compras.

Na versão disponível, o aplicativo permite o cálculo de parcelas sem repassar os juros para o cliente, mas pode ser customizado para exibir a parcela com o cálculo de juros pela equipe MetaClick.

O aplicativo está preparado para trabalhar em lojas com os seguintes temas – Debut, VentureSupply e Turbo. Outros temas serão acrescentados conforme a demanda dos lojistas.

O processo de instalação do aplicativo é simples e pode ser feita pelo próprio lojista. Nas lojas com os temas citados acima, basta selecionar o tema dentro do aplicativo. Para lojistas que usam temas ainda não listados, a equipe MetaClick se prontificou para instalar o aplicativo.

O core business da MetaClick é de consultoria de Otimização de Conversão (CRO), uma metodologia muito utilizada em e-commerce e outros negócios para melhorar o seu site para conversões e faturamento. A metodologia não é tão conhecida no Brasil, mas de maneira simplificada, consiste em analisar os dados do negócio (quantitativos e qualitativos) e alterar as páginas para aumentar conversões (com psicologia, UX, etc.). 

A ideia do aplicativo da Shopify veio quando eu estava analisando as conversões de lojas da Shopify e percebi que não havia uma solução para mostrar o valor parcelado. Mostrar o valor parcelado, pela minha experiência, pode  ajudar a aumentar conversões.

Template Icon

Você precisa de ajuda com a sua loja?

Veja uma lista com 5 parceiros brasileiros da Shopify que prestam serviços a lojistas da Shopify no Brasil. Encontre alguém para lhe ajudar a criar a sua loja virtual, personalizar o seu tema, SEO, marketing, pagamentos, checkout, design e muito mais!

Baixar a lista grátis

Parceiros e Especialistas da Shopify

Vale a pena destacar um Especialista da Shopify que se estabeleceu no Brasil recentemente com o propósito de atender clientes locais e internacionais. Trata-se da agência BravoSolo, que foi fundada pelo norte-americano Jake Nelson, após vender sua agencia 3five, que atendia clientes da Fortune 500 nos EUA.

A história do Jake é muito interessante, embora tenha um certo cliché – ele se apaixonou por uma brasileira que estudava numa universidade de sua cidade de Duluth, no estado de Minnesota, que fica situada às margens frígidas do Lago Superior. Casaram-se recentemente e se mudaram para Florianópolis.

Mesmo sem números para sustentar esta afirmação, o Jake presume que uma parte significativa das lojas da Shopify no Brasil sejam de “cauda longa” – ou seja, lojas com o potencial de crescimento e maturidade no médio prazo.

A BravoSolo tem como foco clientes maduros ou estruturados que buscam uma agência com vasta experiência na Shopify para tocar projetos mais complexos de design, usabilidade e CRO. Certamente é um nicho do mercado local, mas que promete por alguns motivos:

  • A Shopify está se posicionando cada vez mais para atender grandes clientes, especialmente através da sua plataforma Shopify Plus, que, por ser mais aberta em termos de APIs, facilita as integrações e customizações que são requeridas por clientes com mais complexidade de operações e sistemas.
  • O Magento deixará de suportar a versão 1.0 de sua plataforma, e clientes que rodam nessa versão terão que escolher entre migrar para a versão 2.0 em 2018, ou para outra plataforma. Existem motivos que colocam a Shopify e a Shopify Plus em posição vantajosa para captar estes clientes órfãos do Magento, e quem estiver preparado para assessorar os clientes poderá se dar bem.
  • O mercado de e-commerce está amadurecendo no Brasil, e os grandes players de comércio não ficarão de fora, buscando as melhores alternativas para lançar, migrar ou melhorar suas plataformas. 

Portanto, a BravoSolo não deixa de ser um exemplo de uma agência que enxerga a oportunidade no Brasil e se posiciona para atendê-la.

Conclusão

Na verdade, sabemos que o cenário que descrevemos no início do artigo não é tão ruim assim – que o setor de e-commerce ainda é relativamente pequeno no Brasil quando comparado com o exterior, e deve continuar a crescer até 15% em 2017, de acordo com a eBit. Embora não haja números oficiais para o Brasil, o certo é que a Shopify cresce num ritmo alucinado na região da América Latina, atingindo um crescimento percentual de 168% de um ano para cá na América do Sul.

Por isso, os empreendedores que enxergarem as oportunidades no Brasil e estiverem aptos a desenvolver e adaptar soluções para os lojistas Shopify podem se dar muito bem!  


Which method is right for you?Sobre o autor

Robert Foster é executivo de tecnologia e saúde, lojista Shopify e autor do site Empreendify, que além do blog contem uma relação de aplicativos e especialistas que atendem lojistas Shopify no Brasil.

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.