Blogs da Shopify

Análise das vendas do Black Friday Cyber Monday 2018

Black Friday statistics for 2018.

Após o final de mais um Black Friday Cyber Monday agitado, é hora de avaliar os dados e entender como mais de 600 mil lojistas da Shopify se saíram nesse grande evento de vendas.

Ao analisar o que aconteceu este ano e apontar algumas tendências importantes para o futuro, queremos preparar nossos lojistas para que eles estejam prontos para viver um BFCM ainda melhor em 2019.

A tradição BFCM segue crescendo mundialmente

Black Friday Cyber Monday global sales data.

Durante o final de semana de compras do Black Friday Cyber Monday (BFCM), de 24 a 26 de novembro, os lojistas da Shopify venderam, juntos, mais de 1,5 bilhão de dólares.

Os lojistas da Shopify geraram mais de 37 milhões de dólares em vendas por hora e 870 mil dólares por minuto durante o BFCM.

Embora a maior parte dessa movimentação tenha acontecido na América do Norte, é claro que o Black Friday Cyber Monday continua a expandir sua presença global, com 18,54% de todos os pedidos feitos nas lojas da Shopify sendo enviados para todo o mundo. De viagens de longa distância a saltos curtos ultrapassando fronteiras, os pedidos feitos para lojistas da Shopify foram enviados por mais de 48 bilhões de quilômetros no total — o equivalente a dez vezes a distância entre a Terra e Plutão.

Tendências observadas durante o Black Friday Cyber Monday 2018

1. Vendas por dispositivos móveis X vendas por computador

Mobile sales vs. desktop sales.

As compras via celular se estabeleceram firmemente como o novo padrão, com 66% das vendas de lojistas da Shopify sendo realizadas por dispositivos móveis durante o BFCM contra 34% de vendas fechadas usando um computador.

Os lojistas da Shopify tinham as ferramentas certas para lidar com a preferência de dispositivos móveis entre os compradores do BFCM, com temas responsivos e várias opções de pagamento compatíveis com dispositivos móveis. Shopify PayApple Pay e Google Pay otimizaram o processo de checkout, facilitando a finalização da compra em qualquer dispositivo.

2. Canais de vendas com as maiores taxas de conversão

Highest converting traffic sources.

Assim como no ano passado, nós analisamos o desempenho de diversas fontes de tráfego durante o BFCM. Embora esses canais não fossem necessariamente responsáveis pela maioria dos pedidos, os dados sugerem que eles são fontes importantes a se considerar pelos lojistas em busca de tráfego qualificado.

O marketing por e-mail oferece uma conexão direta com clientes e assinantes interessados, mas os lojistas podem querer manter contato com os clientes e agregar valor via e-mail durante o resto do ano — e, no Black Friday Cyber Monday, as nossas caixas de entrada ficam lotadas de mensagens com ofertas.

3. Horários de pico nas compras

Peak shopping hours during Black Friday Cyber Monday.

Neste ano, nós também rastreamos o tráfego de pedidos durante o Black Friday (23 de novembro) e o Cyber Monday (26 de novembro) e descobrimos que 12h e 21h registraram um aumento nos pedidos, respectivamente. O que isso quer dizer? Tanto o Black Friday quanto o Cyber Monday apresentam um aumento significativo no tráfego de pedidos por volta do meio-dia, sendo que o Cyber Monday atinge seu pico no final da noite, possivelmente devido a ofertas de última hora.

Durante a sua campanha, esses horários são importantes de se ter em mente para planejar o BFCM e contar com uma equipe suficiente para atender clientes e processar pedidos, ativando canais como o bate-papo ao vivo para responder às perguntas dos clientes ou, em geral, para estar disponível caso ocorram problemas.

4. Datas em que as vendas começam a aumentar

When Black Friday Cyber Monday sales start to pick up.

Com algumas das melhores ofertas temporárias do ano rolando no Black Friday Cyber Monday, é esperado que as vendas aumentem apenas alguns dias antes do início do BFCM propriamente dito.

Para os lojistas, o tempo para preparar a loja, as ofertas, as campanhas e os processos de frete começa muito antes disso. Embora sempre haja espaço para o improviso, as vendas já começaram a aumentar na segunda-feira, 19 de novembro e em 22 de novembro, Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. Preparar-se com antecedência para o BFCM pode assegurar que você e sua loja estejam prontos para uma semana inteira de vendas, contando com a carga de trabalho de atendimento e processamento de envios necessária para dar conta do recado.

Como foi seu BFCM?

O Black Friday Cyber Monday 2018 foi repleto de momentos especiais e marcos significativos. O que geralmente se perde nesse agito é a crescente importância que os negócios independentes desempenham neste fim de semana global de compras. O esforço coletivo feito por empreendimentos de todos os tamanhos é a história mais convincente a ser contada ao final dessa maratona, fato que continuaremos a apoiar e celebrar todos os anos.

Agora queremos ouvir como foi a sua experiência neste ano. Já de olho em 2019, quais lições deste BFCM você levará para o Black Friday Cyber Monday do ano que vem?

*Os dados do Black Friday Cyber Monday da Shopify foram baseados nas vendas de mais de 600 mil lojas espalhadas por 175 países em todo o mundo, de 23 a 26 de novembro de 2018. Todos os dados aqui apresentados são aproximados e baseiam-se em várias suposições. Todos os dados não são auditados e estão sujeitos a ajustes.


Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora e intérprete de conferências e, em parceria com a Shopify, faz a curadoria e a localização de conteúdo para o blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Serena Ngai

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

Tópicos: