Blogs da Shopify

Como abrir um negócio sem precisar largar o emprego

Ideas for starting an online store or business.

Quer virar seu próprio chefe ou abrir um negócio para ter uma renda extra? Há diversas maneiras de transformar suas habilidades e interesses em dinheiro.

Ter um negócio próprio na internet com certeza é interessante, mas também tem diversos desafios. Na verdade, abrir um negócio de qualquer tipo dá muito trabalho, mas muita gente já deu o primeiro passo para o empreendedorismo. Com as ideias certas e suando a camisa, você também vai conseguir.

Abrir um negócio não se trata de um truque simples que vai mudar sua vida em um instante, muito pelo contrário! Mas não se preocupe, você não está só nessa missão: elaboramos uma lista de modos simples de abrir um negócio sem ter que largar seu emprego, para lhe ajudar a encontrar uma ideia de produto ou um modelo comercial que se encaixe no seu estilo de vida.

6 ideias de lojas online

  1. Venda sua própria linha de roupas
  2. Abra um negócio de dropshipping
  3. Venda sua arte na internet
  4. Trabalhe com escrita, design e desenvolvimento web
  5. Ministre um curso online
  6. Publique seu próprio livro

1. Venda sua própria linha de roupas

Com algumas ideias de estampas e tempo disponível, você já consegue abrir a sua própria loja de roupas.

Se você já tiver sua loja virtual com a Shopify, experimente montar sua própria linha de roupas usando apps como Oberlo, Printify e Printful. Eles conectam sua loja automaticamente a gráficas e fabricantes de roupas, cuidando de todas as etapas do processo de varejo para você, que fica livre para criar designs e disponibilizar uma grande variedade de peças logo de início.

Por que abrir uma loja de roupas?

  • É muito gratificante criar produtos que as pessoas vão usar todos os dias.
  • Você poderá começar a vendar imediatamente assim que montar sua loja na Shopify! Graças a apps como o Printify e o Printful, o processo de design e entrega de roupas personalizadas foi otimizado e simplificado.
  • Transforme sua criatividade em algo real e lucrativo. Você vai adorar a sensação de ver sua arte ganhando vida!


Essa proposta de negócio foi um sucesso com a THINK PUP, uma loja de roupas para donos de cachorros toda estruturada usando o app Printful. Em apenas três semanas, a loja ganhou mais de US$ 1.200.

Confira aqui o estudo de caso (disponível somente em inglês) sobre a THINK PUP.

Com tempo e muita pesquisa, você vai encontrar o caminho certo para também ter a sua loja de camisetas de sucesso. Se já quiser colocar a mão na massa, não deixe de conferir o nosso passo a passo completo no artigo Como montar uma loja online e vender camisetas personalizadas.

Desde a criação da história da sua marca à divulgação dos seus produtos por meio do marketing de influência, selecionamos outros artigos úteis que vão ajudar você a expandir a sua loja de roupas etapa por etapa:

2. Abra um negócio de dropshipping

Você acha que precisa de um galpão cheio de estoque para ter seu próprio negócio? Achou errado! O dropshipping é uma excelente maneira para iniciar seu próprio negócio sem gastar muito. Você pode começar com o pé direito selecionando um produto existente de um fornecedor e deixando que ele cuide de todo o resto, resolvendo até a embalagem e o processamento do pedido.

O dropshipping permite que você pule uma série de obstáculos que possam estar lhe impedindo de começar seu negócio, principalmente na hora de descobrir se existe mercado para o seu produto sem ter que fazer um pedido enorme antecipado com o fabricante ou fornecedor.

Por que optar pelo dropshipping?

  • Sua loja virtual não precisa estocar produtos em um local físico, ou seja, seu fluxo de caixa não ficará comprometido com o estoque. Assim, há um risco menor para o caixa inicial.
  • Sempre que uma compra for feita, você vai fazer o pedido a um terceiro e ele resolverá todo o resto. Como você não vai precisar cuidar de aspectos como rastreamento de estoque ou envio de embalagens, o dropshipping elimina muitas dores de cabeça para empreendedores de primeira viagem.
  • Não ter um depósito físico significa que você pode administrar seu negócio de qualquer lugar do mundo! Seja na sala da sua casa ou no café do bairro, você decide de onde deseja trabalhar.

Se você tem interesse em fazer dropshipping, instale o Oberlo e leia o nosso guia completo sobre dropshipping para saber mais sobre tudo o que é preciso para começar nesse negócio.

Está em dúvida a respeito do que vender em uma loja online? Veja algumas estratégias para encontrar o produto perfeito:

Template Icon

Encontre um produto e comece a vender hoje mesmo!

Quer abrir uma loja virtual mas não sabe o que vender? Com a ajuda do nosso guia gratuito e completo, você encontrará produtos com grande potencial de vendas.

Baixar o guia grátis

3. Venda sua arte na internet

Uma loja online é uma ótima forma de vender sua arte e monetizar sua criatividade. Não importa se você é um pintor, fotógrafo ou músico: existem diversas maneiras de começar um negócio e transformar suas obras-primas mais recentes em um fluxo estável de receitas, a partir de um site de e-commerce com design excelente.

Se pinturas ou fotos são o seu forte, você pode vender suas obras em forma de estampas, telas e posters emoldurados usando os apps Printify ou Printful, tudo através da sua loja na Shopify. Essa é uma ótima maneira de transformar sua arte em algo tangível, que as pessoas podem levar para casa e integrar em seus espaços. Seu negócio é música? Você pode vender suas batidas, canções, samples, etc., em forma de downloads digitais.

Aproveite para conferir o The Drum Broker, o maior negócio online de samples de bateria do mundo. Eles conseguiram criar um modelo de negócio bem-sucedido e estável, com a ajuda de apps como FetchApp e ShipStation.

Por que vender sua arte?

  • Faça parte da vida das pessoas. Leve seu trabalho para as casas e fones de ouvido de seus clientes.
  • Crie uma plataforma para exibir seu trabalho configurando uma loja virtual.
  • Para quem é artista, fazer arte não é apenas um hobby, mas um estilo de vida. Essa é a sua chance de transformar sua paixão em fluxo de renda e de fazer aquilo que ama como modo de vida.

Tudo pronto para dar vida às suas ideias para uma loja de arte? Comece dando uma olhadinha nestes artigos e lojas que já entraram nessa onda:

4. Trabalhe com escrita, design e desenvolvimento web

Escritores, desenvolvedores e designers gráficos podem abrir um negócio para vender seu talento. Como freelancer, você vai conseguir fazer bom uso das suas habilidades, ajudando pessoas do mundo inteiro em seus projetos (enquanto ganha dinheiro, é claro).

Ser freelancer não significa se comprometer com projetos que durem meses e que acabem com seu tempo livre. Você pode tranquilamente escolher tarefas menores que se encaixem na sua agenda.

Para encontrar pessoas que precisem da sua ajuda, experimente conferir mercados de freelancers como o Upwork e o Fiverr.

 

É importante lembrar que o Fiverr é um pouco diferente dos sites de ofertas de trabalho tradicionais. Como seu nome sugere (“five” significa “cinco”), todos os trabalhos publicados custam cinco dólares. O segredo para ganhar muito dinheiro no Fiverr está em configurar suas ofertas com cuidado, de modo que seja possível garantir vendas recorrentes (upselling) com seus clientes.

Por exemplo, considerando o pagamento em dólares para facilitar o trâmite na plataforma, você pode oferecer como seu serviço inicial de US$ 5 uma introdução de 150 palavras para um artigo de blog. Com a técnica de upselling, você pode cobrar outros US$ 10 por cada 150 palavras extras. Embora não pareça muito, experimente ajustar o valor dos seus serviços até descobrir uma combinação que valha a pena.

Se você quer ter controle total sobre o quanto pode cobrar, crie uma loja na Shopify. Você pode listar seus serviços em forma de produtos e desativar o frete, pois não entregará nada fisicamente aos seus clientes. Também é possível utilizar apps como BookThatApp e Events Calendar para oferecer aos seus clientes a opção de agendar datas para trabalhar com você.

Por que trabalhar como freelancer?

  • Quando você atua como freelancer, pode escolher em quais projetos deseja trabalhar, além de definir sua própria agenda e escolher seu local de trabalho.
  • Ganhar dinheiro para fazer algo que você faz bem é uma sensação gratificante, não importa se você está em busca de uma vida autônoma ou se só quer ter uma renda extra trabalhando nos finais de semana.
  • Se estiver começando na carreira de escritor, designer ou desenvolvedor, fazer trabalhos como freelancer é uma ótima maneira de construir seu portfólio e conseguir experiência prática em diversos segmentos. Você pode até descobrir ter uma paixão por algo que não esperava!

Caso trabalhar como freelancer pareça ser uma boa ideia para criar um site rentável segundo seu estilo de vida, nós reunimos excelentes artigos que podem lhe ajudar a aproveitar seu tempo ao máximo. Confira:

5. Ministre um curso online

Ministrar um curso online é um modo garantido de gerar renda passiva. Tudo o que você deve fazer é criar um passo a passo em vídeo que explique um assunto que você domina, e então hospedá-lo no seu site pessoal.

Apesar de ser necessário certo esforço no começo, se você conseguir criar uma série popular de tutoriais em vídeo com alto valor agregado, pode ganhar dinheiro regularmente, à medida que cada vez mais pessoas se matriculem nos seus cursos.

Para começar a criar seu primeiro curso online, pense em um assunto que você conheça bem o suficiente para conseguir ensinar para as pessoas o bê-á-bá. Pode ser literalmente qualquer assunto: produção musical, marketing nas redes sociais, desenvolvimento web, etc.

Em seguida, baixe um app de screencast como o Screenflow para poder gravar sua tela e voz à medida que orienta seus alunos em seu tutorial. O Screenflow inclui ainda um programa de edição de vídeo, que lhe permite gravar e editar seus vídeos na mesma plataforma.

Por que ministrar um curso online?

  • Com um curso online, você pode literalmente gravar um vídeo e nunca mais se preocupar com ele. Dependendo da complexidade do assunto, reserve alguns dias ou semanas para criar um curso online e colha os frutos dessa iniciativa por várias semanas.
  • O conhecimento você já tem, agora só falta compartilhá-lo. Procure ensinar algo que seja sua especialidade (desenvolver apps para iOS, montar orçamentos mensais, administrar campanhas publicitárias no Facebook, etc.) e o resto virá naturalmente.
  • Ensinar uma nova habilidade para alguém já é uma recompensa. Embora certamente seja possível ganhar dinheiro com cursos online, ajudar outras pessoas é sempre uma experiência gratificante por si só.

Quer compartilhar suas habilidades com o mundo? Assista a algumas conferências do TED e podcasts inspiradores para lhe ajudar a pensar no seu futuro negócio online rentável:

6. Publique seu próprio livro

Pode admitir: você já pensou em publicar seu próprio livro um dia. Embora ver seu nome em uma lista de livros mais vendidos possa parecer um sonho distante, na verdade, isso não está tão longe do seu alcance.

Não importa se o seu livro for um romance de ficção científica, um guia de marketing ou um livro ilustrado para crianças. Hoje em dia, existem muitas opções para que você possa publicar seu livro por conta própria e de forma bem-sucedida.

Você pode divulgar seu trabalho em forma de e-book com o app Digital Download ou contratar serviços de impressão sob demanda, como o Blurb e o CreateSpace. Há muitas maneiras de se tornar um escritor e vender seu livro online.

Para vender e-books através da sua loja online, instale o app Digital Downloads para poder armazenar arquivos digitais em forma de produtos imediatamente. Quando forem comprados, seus e-books serão enviados para seus clientes via e-mail ou através de um link para download direto.

Se preferir vender cópias físicas dos seus livros, você precisará apenas fazer um pedido para o Blurb ou CreateSpace sempre que seu trabalho for comprado. Eles vão imprimir seu livro de modo personalizado e vão cuidar de todo o processo de armazenamento e processamento.

Por que publicar um livro?

  • Preocupações como impressão, armazenamento e entrega já são tarefas que o Blurb e o CreateSpace vão administrar para você.
  • Qual o sentido de escrever, se não há ninguém para ler? A autopublicação é a forma mais rápida de levar seus livros para as mãos dos seus leitores em potencial.
  • Se a escrita criativa é a sua paixão, você merece ganhar dinheiro fazendo algo que gosta.

Tudo pronto para viver o sonho de ter seus livros publicados? Os artigos abaixo vão ajudar você nessa empreitada rumo ao sucesso: 


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


 

Primeiros passos do seu negócio online

Depois de decidir sobre uma ideia de negócio online, é hora de fazer o dever de casa e dar vida ao seu negócio. Confira aqui o passo a passo para abrir um negócio:

  1. Valide a sua ideia com pesquisa de mercado
  2. Desenvolva seu produto ou serviços
  3. Organize o financeiro do seu negócio
  4. Encontre representantes e fornecedores
  5. Crie seu site

1. Valide a sua ideia com pesquisa de mercado

Alguém tem que falar a verdade, por mais cruel que seja: só porque você acha que tem uma ótima ideia, não significa que há um mercado para ela. Antes de investir seu tempo e energia na abertura do seu negócio, pesquise se ele é viável e se existe algum interesse potencial de compradores. Você pode contratar uma agência para realizar pesquisas de mercado para você, mas se estiver com um orçamento apertado, faça essa sondagem por conta própria.

Leituras recomendadas:

2. Desenvolva seu produto ou serviços

Você validou sua ideia, agora é hora de transformá-la em realidade. Se está vendendo um produto ou serviço, você precisa criá-lo. Encontre um fabricante para dar vida ao seu produto, crie pacotes de suas ofertas de serviços ou escreva seu livro e identifique uma opção de publicação própria para concretizar suas ideias.

Se seguir a rota do dropshipping, o produto já foi desenvolvido para você. Portanto, basta escolher os produtos pelos quais se apaixonou ou que identificou que têm um mercado aquecido. Confira o artigo Fazer você mesmo, fabricar, comprar no atacado ou dropshipping: qual é o melhor modelo de negócios? para saber traçar seu plano de ação.

3. Organize o financeiro do seu negócio

“Como faço para abrir uma conta bancária jurídica?” – essa é uma pergunta que muitos empreendedores de primeira viagem fazem. Depois de registrar oficialmente sua empresa na junta comercial local, você provavelmente terá os números de identificação fiscal e outras informações necessárias para abrir uma conta bancária jurídica.

À medida que sua empresa cresce, você poderá precisar financiar futuros empreendimentos, por exemplo, um lançamento de um novo produto ou gastos com marketing e publicidade. Ter contas bancárias jurídicas facilita o gerenciamento desse capital, além de controlar suas receitas e despesas.

Ela também é útil em relação à organização de impostos, pois as transações relacionadas ao seu negócio ficarão em um único local. À medida que as finanças do seu negócio ficarem mais complicadas, contratar um contador ou um especialista tributário pode ser uma opção viável.

Leituras recomendadas:

4. Encontre representantes e fornecedores

Os negócios online baseados em produtos, especificamente, podem exigir muitos contatos comerciais, seja com um fabricante, um dropshipper ou um coordenador de logística de terceiros. Ao identificar quais parcerias deseja manter, é melhor pesquisar e comparar suas opções para garantir que você vai obter a melhor solução para as suas necessidades.

Outros negócios online podem exigir diferentes contatos ou contratações. Se estiver escrevendo um livro, por exemplo, talvez queira contratar um editor profissional e um designer de livros.

5. Crie seu site

Ter um site é fundamental para começar um negócio online. E para gerar vendas online, você vai precisar incorporar a funcionalidade de processamento de pagamentos. Primeiro, escolha um nome de domínio e verifique se ele está disponível. Em alguns casos, você consegue registrar um domínio por R$ 40,00 por ano. A partir daí, você pode criar sua própria loja em uma plataforma como a Shopify e começar a aceitar pagamentos dos clientes imediatamente.

Confira outros recursos para ajudar você a começar a usar seu site de e-commerce:

Mãos à obra!

Se você está pensando em formas de abrir um negócio, é hora de colocar a mão na massa e criar um negócio online lucrativo no seu tempo livre.

Alguma dúvida sobre como começar seu primeiro negócio paralelo? Fale com a gente nos comentários!


Which method is right for you?Sobre a autora

Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

Post original em inglês: Kevin Donnelly

Tradução e localização: Marina Borges

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

Tópicos: