Blogs da Shopify

Como contratar um especialista em e-commerce para alavancar o seu negócio

how to hire an expert

Um dos memes mais inesperadamente instrutivos da atualidade é aquele que diz que “Você tem as mesmas 24h no dia que a Beyoncé” 

É fácil refletir sobre essa frase quando nos entendemos como empreendedores, abarrotados de tarefas, e nos sentirmos sobrecarregados, inspirados ou até irritados. Porém, há uma lição escondida nas entrelinhas dessa frase que nem todo mundo consegue captar: a Beyoncé passa essas 24 horas fazendo o que só ela pode fazer.

Ela não joga nas onze para manter seu império musical. Ela está lá, implacável, focada em gerar o maior impacto possível no tempo que ela tem disponível — em outras palavras, ela contrata, delega e terceiriza tudo o que ela não precisa lidar pessoalmente.

E essa é uma estratégia que você pode usar para alavancar o seu negócio. Porém, contratar a ajuda de um especialista pode ser um processo confuso para quem nunca fez isso antes.

Especialistas: onde vivem? O que comem? Como trabalhar com eles?

Embora esses questionamentos sejam pertinentes, eles só merecem a sua atenção se você souber responder a esta pergunta:  contratar um especialista é a coisa certa a se fazer para o seu negócio?

O que fazer antes de contratar um especialista

Is your business ready to hire an expert?

Antes de contratar qualquer profissional, avalie o seu negócio e procure entender se ter mais um par de mãos trabalhando nele fará diferença.

O que você mais precisa agora?

Analise de forma crítica o seu negócio e a sua rotina semanal. Ótimos palpites podem surgir ao apenas pensar sobre as suas áreas mais problemáticas.

Por exemplo, se você passa 80% do seu dia enviando pedidos, eis um grande indicativo de que você precisa contratar alguém para te ajudar com o frete.

Tudo fica mais complicado quando os problemas não escancaram suas próprias soluções.

Tudo fica mais complicado quando os problemas não escancaram suas próprias soluções. Se você não sabe por que a sua loja não anda convertendo muito bem, é porque chegou a hora de procurar ajuda profissional para resolver esse problema.

Felizmente, você não precisa saber exatamente como resolver questões desse tipo, muito menos saber como priorizá-las, antes de conversar com um Especialista da Shopify. Segundo Chase Clymer, cofundador da Electric Eye, antes de consultar um especialista, dedique-se a encontrar o seu problema mais grave em vez de ficar procurando uma solução por conta própria — afinal, esse é o trabalho dos especialistas.

“Mantenha a mente aberta ao conversar com um especialista. Enxergue a situação como uma consulta médica: você fala para o médico que está sentindo dor, não que precisa tomar um anti-inflamatório. Lembre-se: os especialistas existem para ajudar você a identificar corretamente e solucionar os verdadeiros problemas que o seu negócio enfrenta; eles não vão simplesmente oferecer um “curativo” superficial e simples para você”, explica Clymer.

Ufa! Chega até a dar um alívio saber que não precisamos saber de tudo o tempo todo e com antecedência, não é mesmo?

Qual é o seu orçamento?

Não há dúvidas de que contratar ajuda pode ser um elemento que pesará no seu orçamento. Antes de assinar qualquer acordo, certifique-se de que você tem de pé um plano robusto para investir no seu negócio.

Em outras palavras, você precisa estar por dentro das finanças do seu negócio, saber quanto você precisa fazer de dinheiro para se remunerar e honrar com todos os outros compromissos financeiros que o seu negócio tem. Uma vez ciente desse valor, você pode começar a alocar verba para qualquer tipo de contrato que seja adequado para o seu negócio.

O desafio de contratar um especialista

É muito mais fácil se sentir confiante se você precisa contratar alguém para fazer algo que você já domina, como treinar uma pessoa para dar conta dos fretes da sua loja.

Porém, quando a contratação foge da sua própria especialidade — ou seja, quando você busca um desenvolvedor, designer, profissional de marketing ou uma equipe que assuma essas três funções ao mesmo tempo —, em geral, você está buscando alguém porque percebeu que o seu tempo é melhor gasto com a administração da sua loja, e não tentando dominar toda e qualquer especialidade que compõe o seu empreendimento.

Se você nunca trabalhou com um profissional, entrar nesse universo vai colocar você em contato com habilidades e vocabulários de nicho e desconhecidos, e isso pode ser um pouquinho assustador no início. Foi pensando nisso que decidimos conversar com dois Especialistas da Shopify, para trazer alguns conselhos sobre esse processo para vocês. Esses conselhos contemplam as seguintes áreas:

As respostas abaixo vão lhe orientar para que a sua primeira experiência como um Especialista seja um passo positivo para o seu negócio.

Como encontrar e contratar a pessoa ou a equipe certa

Hiring an expert: how to approach it

Você já decidiu que está pronto para contratar alguém. E agora, como encontrar essa pessoa? E como garantir que a pessoa ou a equipe que você encontrar se encaixa bem com o seu negócio?

Peça indicações

As indicações são de longe o jeito mais comum que os empreendedores usaram para conhecer as duas equipes de especialistas que entrevistamos. Quando você procura alguém para trabalhar com você, a melhor coisa a se fazer é sair pedindo indicações para outras pessoas.

“Converse com amigos que também têm negócios na internet. Uma indicação pode ser muito útil para encontrar o colaborador perfeito para o seu negócio”, afirma Chase Clymer, da Electric Eye.

No entanto, só porque alguém foi bem recomendado para você não te isenta de avaliar tal indicação mais a fundo, mesmo que seja apenas uma espiada no site e na presença online desse profissional.

Fique de olho principalmente em quaisquer projetos anteriores exibidos como estudos de caso, qualquer coisa que tenham escrito sobre como eles trabalham com clientes, e confira sua presença nas redes sociais — esses elementos podem fornecer mais informações sobre como seria uma relação de trabalho com essa indicação.

Pesquise no diretório de Especialistas

Se nenhuma indicação se encaixar com o seu negócio ou projeto, consulte o diretório de Especialistas da Shopify. Lá, você pode procurar profissionais por nome, cidade ou palavra-chave. Shawn Khemsurov, cofundador da Electric Eye, afirma que, para alguns lojistas, encontrar alguém da própria área geográfica é o caminho ideal para se conectar com um especialista.

“Muita gente gosta da ideia de encontrar um negócio local para apoiar e formar uma relação duradoura. O diretório é um ótimo canal para encontrar especialistas na sua área”, explica.

Porém, essa não é a única forma de acionar a rede da Shopify para entrar em contato com freelancers ou agências.

“Nós conhecemos alguns dos nossos futuros clientes pessoalmente nos Shopify meetups. As pessoas vêm até a mim ou outro membro da minha equipe para uma conversa cara a cara, e essa é a abordagem ideal para começar a trabalhar com a gente”, conta Natasha Murphy, diretora da Nicely Built.

Entreviste para encontrar o profissional certo

Ambas as equipes com as quais conversamos ressaltaram a importância de encontrar a pessoa certa com quem trabalhar. É por isso que é fundamental que você tenha pelo menos uma reunião, mesmo que virtual, com a agência ou freelancer antes de começarem a trabalhar juntos.

“Conversar com seus fornecedores de serviços faz toda a diferença no processo seletivo. Seja por meio de reuniões presenciais ou por chamadas no Skype ou no Google Hangouts, trocar uma ideia com o profissional é ótimo para você conhecê-lo um pouco melhor. E se você conseguir fazer isso com mais membros da equipe que pretende contratar, melhor ainda!”, explica Natasha.

Além disso, saiba que os especialistas que estão do outro lado dessa conversa também vão avaliar se você é um bom contato de trabalho. Como têm vasta experiência colaborando com outros clientes, os especialistas chegam preparados para uma reunião com você, e se eles acham que não serão capazes de te ajudar, acredite: eles não vão esconder isso de você.

Ao conversar com um fornecedor ou Especialista, tenha um pé atrás com garantias fora da realidade. É normal prometer entregas e prazos, mas fique alerta se surgirem promessas muito grandiosas sobre o desempenho ou os resultados no meio do papo.

“Se eles garantem que vão projetar um novo site para o seu negócio, maravilha. Mas, se eles garantem que vão te entregar um ROI dez vezes maior em duas semanas, cuidado! “O marketing pela internet e o e-commerce são áreas onde tudo acontece com muita rapidez, as táticas que funcionam hoje podem não gerar resultados amanhã, sem contar que elas variam de setor para setor”, alerta Shawn.

Como definir o escopo do projeto

Hiring an expert: how to set project scope

Depois de encontrar um profissional ou uma equipe de profissionais para trabalhar com você, é importante estipular exatamente o que eles farão e por quanto tempo. Em outras palavras, chegou a hora de definir o escopo do projeto.

Se você nunca fez isso, não se preocupe. Os especialistas com quem você vai trabalhar com certeza já passaram por essa experiência e vão cuidar para que esse processo corra tranquilamente. E se a pessoa que você contratou parece não estar preparada e com um processo de definição de escopo em mãos, é sinal de que você provavelmente terá que repensar a contratação desse profissional.

Delimitação de escopo paga x não paga

Todo negócio é diferente, e embora a gente espere algum nível de esquematização de quem contratamos, cada etapa desse processo e seus custos são variáveis.

Algumas equipes, como a Nicely Built, definem o escopo dos projetos antes de começarem com o trabalho remunerado. “Se nós queremos e somos capazes de assumir um projeto, trabalhamos diretamente com os clientes para montarmos uma lista de especificações”, explica Natasha.

Outras equipes, como a Electric Eye, preferem ser pagas para definir o escopo dos projetos. Ela, por exemplo, criou um processo padrão que usam com cada cliente e trabalham em cima dos resultados por um conjunto dedicado de horas; essas atividades iniciais são remuneradas. Tal abordagem permite que a Electric Eye tenha uma visão holística do seu negócio, para além das questões com o seu site.

“Como está o seu processamento de pedidos? E a administração dos seus e-mails? Esses elementos não são seções do seu site, mas são peças fundamentais do seu negócio, que definem para nós as expectativas sobre o quanto de trabalho é realmente necessário para obtermos resultados positivos. Nosso objetivo é se aprofundar no negócio do cliente e descobrir toda a abrangência do projeto que ele representa”, afirma Chase, explicando como funciona o processo pago de delimitação de escopo que ele criou, chamado Shopify Business Roadmapping.

Existem vantagens e desvantagens para ambas as opções, portanto, antes de começar a trabalhar com uma agência ou freelancer, decida qual abordagem melhor atenderá as suas demandas.

Dicas para começar a trabalhar juntos com o pé direito

Independentemente se a delimitação do escopo será paga ou não, para não perder tempo, você já pode se preparar para conversar com o Especialista de sua escolha.

“Todos os nossos projetos começam com um bate-papo inicial. Nós analisamos detalhadamente como o cliente quer que seu site seja em termos de aparência e ficamos um bom tempo discutindo o funcionamento do site. Qualquer preparo para essa reunião conosco é útil para o nosso trabalho. Os clientes podem chegar para a gente com algumas referências de sites que eles gostam, ou já podem ter exemplos do que querem e precisam. Se eles conseguem mostrar para nós como querem que o site funcione, melhor ainda!”, explica Natasha.

Comunicação é fundamental

Communication is key when working with an expert

A comunicação entre ambas as partes do projeto é o segredo para que tudo corra tranquilamente, do início ao fim.

De início, seu Especialista vai lhe informar o que esperar ao longo desse processo.

“Ao contratar um especialista, ele dirá ‘É isso que vai acontecer nas próximas semanas/meses. As etapas vão ser essas, dentro desse cronograma’. O especialista deve definir, desde o primeiro dia, as expectativas para o projeto, tanto sobre como ele se desenrolará quanto sobre a entrega final”, ressalta Shawn.

Durante o projeto, você terá que avaliar e tecer comentários sobre o trabalho feito em cada etapa do projeto. Se você quiser dar um feedback mais eficiente, mesmo sem dominar a parte técnica do trabalho do seu especialista, siga estes conselhos da Natasha:

“Sempre que começamos um projeto, enfatizamos a importância de os clientes nos enviarem referências visuais, como capturas de telas de sites que eles gostam. Digamos que o cliente quer uma página de perguntas frequentes com um menu accordion. Ele vai tentar explicar o que quer para mim dizendo: ‘eu quero uma FAQ que abra assim ou expanda desse jeito’. Ou ele pode simplesmente me mostrar um exemplo do que é isso que ele quer e eu vou identificar o recurso que ele está pedindo. Enfim, às vezes, é mais fácil começar com referências visuais.”

Conclusão do projeto

O projeto está chegando ao fim e você mal pode esperar para colher os frutos de tanto trabalho. Como finalizar esse projeto sem se atropelar?

Obedeça ao processo e siga o cronograma

É muito importante estar atento às etapas finais do projeto, já que elas costumam contemplar tarefas e entregas imprescindíveis.

“Nós finalizamos os projetos com um teste completo de aceitação de usuário. É o momento em que o cliente navega pelo site novo, registrando possíveis problemas ou qualquer coisa que não seja do seu agrado”, explica Natasha.

Dê feedback (positivo ou negativo)

Por fim, não deixe de passar a sua impressão sobre todo o processo de trabalho com o especialista. Como cliente, a melhor coisa que você pode fazer pelo seu fornecedor é oferecer um feedback construtivo sobre o andamento do projeto.

“Nós queremos aprender para sermos melhores no futuro. Quando recebemos um feedback negativo de um cliente, fui conversar com ele para entender o motivo de sua insatisfação. No final das contas, descobri que ele havia ficado incomodado porque não tinha entendido como deveria usar o site que montamos para ele — ou seja, o cliente estava coberto de razão! Ensiná-lo a usar o site nem sequer passou pela minha cabeça! Cientes desse problema, agendamos uma sessão de treinamento com o cliente e tudo foi resolvido”, conta Chase.

Contratar ajuda pode alavancar o seu negócio

Contar com um Especialista pode ser um passo definitivo rumo ao sucesso do seu negócio. Ou seja, antes de tomar qualquer decisão, não se esqueça de conferir como está a saúde financeira do seu empreendimento, suas metas e prioridades.

Por outro lado, não postergue muito a contratação de um especialista por medo de ceder o controle de uma parte do seu negócio ou por ter que admitir que você precisa de ajuda. Os grandes nomes de qualquer área, seja do empreendedorismo, do esporte ou da música, confiam em profissionais remunerados para mantê-los com alto nível de rendimento. Não é vergonha nenhuma pedir ajuda de um especialista para alavancar o seu negócio quando e onde você precisar.

Afinal, a Beyoncé não montou o site dela sozinha, certo?


Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora e intérprete de conferências e, em parceria com a Shopify, faz a curadoria e a localização de conteúdo para o blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Desirae Odjick

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

Tópicos: