Como criar imagens incríveis e persuasivas para o banner da sua loja virtual

Como criar imagens incríveis e persuasivas para o banner da sua loja virtual

feature

Você já deve ter reparado que a grande maioria das lojas online e os templates disponíveis para esse tipo de site têm algo em comum: uma grande imagem principal ou um conjunto de imagens, sempre localizados na página inicial.

Essas imagens costumam receber o nome de imagem principal, imagem de cabeçalho, banner ou carrossel. Qualquer que seja o nome escolhido, tenha em mente que elas se referem à mesma coisa e que desempenham uma função extremamente importante no comércio virtual.

Este post tem como objetivo destacar a importância dessas imagens principais, bem como mostrar algumas práticas recomendadas para a utilização das mesmas. Além disso, também indicaremos ferramentas e outros recursos gráficos que podem ajudar você a criar ou encontrar fotos gratis lindas para a sua loja online.

Vamos começar?


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


 

A palavra-chave é: localização

É importante ter em mente que a imagem do banner ocupará a maior porção da página mais visitada do seu site: a página inicial. É por esse motivo que as imagens principais que ocuparem esse local tão cobiçado deverão, obrigatoriamente, agregar valor à sua empresa.

Você já deve ter reparado que essas imagens estão em todos os lugares – basta olhar os templates mais populares da Loja de temas da Shopify (em inglês) para ver que a maioria delas conta com uma grande imagem principal:

Location, Location, Location.

Por que usar imagens principais?

As imagens principais podem ser usadas por diversos motivos – no entanto, tudo depende do tipo de empresa que você tem e os seus objetivos como empreendedor. Veja abaixo algumas das motivações mais populares:

1. Ajudar a construir a identidade da marca e contar a sua história

Uma imagem de banner tem como objetivo primeiro ajudar você a construir a identidade da sua marca. Esse método pode se mostrar bastante eficaz em situações nas quais os produtos e a empresa tenham uma boa história para contar. Nesse caso, é importante usar informações essenciais que sejam capazes de contar aos seus visitantes essa história.

2. Sanar dúvidas dos clientes

As imagens principais também podem ser usadas para responder as dúvidas dos clientes – sejam elas perguntas quotidianas ou mais pontuais, como por exemplo: “ENVIO GRATUITO PARA O BRASIL”.

3. Destacar a sua proposição de valor

No entanto, as imagens principais também podem ser usadas para explicar a proposição de valor da sua marca – ou seja, o valor dos produtos que você está oferecendo. Quer lugar melhor para fazer isso do que na sua página inicial, a primeira coisa que chega aos olhos dos visitantes?

4. Publicar um anúncio

A imagem principal também pode ser usada para anunciar novidades, como uma promoção de produtos. Afinal, não há dúvidas de que os visitantes do site visualizarão a imagem principal inserida na página inicial do site.

5. Anunciar um produto ou uma linha de produtos

Outra opção é usar a imagem principal para anunciar um produto ou uma linha de produtos – ideal para situações nas quais você pretende lançar algo inédito. Outra possibilidade é usar esse espaço para anunciar os produtos que podem proporcionar uma maior margem de lucro ou mesmo aqueles que estão em queima de estoque.

Qualquer que seja o objetivo, não se esqueça de que a imagem principal precisa conter certas características, como as que estão listadas abaixo.

Template Icon

Encontre um produto e comece a vender hoje mesmo!

Quer abrir uma loja virtual mas não sabe o que vender? Com a ajuda do nosso guia gratuito e completo, você encontrará produtos com grande potencial de vendas.

Baixar o guia grátis

A imagem principal perfeita

Há três elementos essenciais para uma imagem principal perfeita. Se você conseguir combinar esses elementos, terá uma bela imagem principal – e conseguirá conquistar seus clientes e atingir as suas metas de conversão.

Veja a seguir os três elementos essenciais:

  1. Imagem atraente – os nossos olhos adoram imagens brilhantes, chamativas e enormes. É por isso mesmo que a fotografia de produto é um fator tão decisivo para o marketing, e a sua imagem principal deve ter o mesmo efeito. Certifique-se de incluir gráficos, imagens ou fotos de alta resolução para atrair a atenção dos seus visitantes. A maioria dos templates online já incluem o tamanho ideal para as imagens principais, o que facilita (e muito) a sua busca.
  2. Texto criativo e cativante – o texto criativo nada mais é do que a frase ou as palavras que você usará para transmitir a sua mensagem. Lembre-se: o tamanho da imagem e seu o tempo de visualização são muito pequenos. Por isso, seja direto!
  3. Uma poderosa chamada para ação – todas as imagens principais devem possuir uma chamada para ação; um texto ou um botão indicando ao leitor a ação que ele deve realizar. Alguns exemplos são COMPRE AGORA, QUEM SOMOS, CONTATO e outros.

Devo usar mais de uma imagem principal ao mesmo tempo?

Você já deve ter notado que alguns sites possuem não uma única imagem principal, mas sim um banner rotativo que exibe várias imagens principais ao mesmo tempo – há apenas um curto intervalo de segundos entre uma imagem e a próxima. Os profissionais da área de design são loucos por esse recurso, uma vez que podem usá-lo como um portfólio para seus projetos; contudo, alguns especialistas acreditam que o banner rotativo pode acabar distraindo o visitante, uma vez que a velocidade com a qual as imagens são trocadas não é controlada por ele.

Alguns estudos recentes indicam que esse tipo de recurso também não é muito popular com os visitantes dos sites: eles tendem a clicar logo na primeira imagem principal, ignorando por completo as demais. Em 2015, o HubSpot publicou um artigo que comenta em detalhes os problemas do banner rotativo.

O autor do post chega mesmo a afirmar que o número de cliques que a primeira imagem recebe é muito maior do que as demais – e chega a ser quase nulo na última.

Atualmente, a opinião geral é de que é melhor usar uma única imagem e abandonar o banner rotativo. Contudo, você não precisa seguir essa moda se não quiser: uma empresa sempre é diferente da outra, de modo que é possível que o banner rotativo seja uma boa solução para a sua loja virtual.

Se você está pensando em usar um banner rotativo na sua loja, lembre-se de:

  • Manter um mesmo estilo em todas as imagens principais;
  • Criar um conteúdo simples, que possa ser assimilado rapidamente pelo leitor;
  • Usar imagens leves para não afetar o carregamento do site;
  • Reduzir o número de slides para aquele mínimo necessário e exibir apenas o que for realmente importante;
  • Elaborar um modelo de navegação direto e controlável.

Como criar imagens principais

Não há dúvidas de que a criação de imagens principais belíssimas pode ser um grande desafio para empreendedores com pouca experiência nas áreas de design e de tecnologia. Se você tem esse perfil, não se preocupe: o mercado já conta com uma grande variedade de ferramentas projetadas especialmente para simplificar esse processo.

Como encontrar as imagens?

A internet está cheia de sites criados para esse propósito – todos estão abarrotados de imagens principais, mas sempre há aqueles que se destacam. Para ajudar você a encontrar as imagens ideais para a sua empresa, montamos três listas com os melhores sites de imagens (atenção! Todos os sites estão em inglês):

Imagens gratuitas e livres de direitos autorais

Burst, da Shopify – NOVO! Essa é a mais nova plataforma de fotos grátis para empreendedores. Aqui, você encontrará fotografias de alta resolução, ideais para campanhas de marketing e para publicações em redes sociais. Mesmo que ainda não tenha achado a imagem perfeita, volte daqui a um tempo: adicionamos centenas de novas imagens toda semana.

The Stocks – além de ser agradável e simples de navegar, esse site também conta com fotos grátis dos melhores provedores do mercado. Como nem todas as imagens podem ser visualizadas a partir da caixa de pesquisa, é possível que você tenha que passar algum tempo analisando todas as imagens até encontrar aquela que está procurando.

Death To Stock Photo – diferente dos sites acima, o Death To Stock Photo envia fotos gratuitas por e-mail uma vez por mês. Como o número de imagens que você receberá mensalmente é relativamente restrito, recomendamos que você as compile para montar uma coleção pessoal de imagens.

Pixabay – mais de 400 mil imagens, ilustrações e artes vetoriais totalmente gratuitas.

Graphic Burger – um excelente site que conta com várias imagens grátis e fotografias para uso comercial.

PicJumbo – o PicJumbo é um excelente site que contém inúmeras imagens gratuitas e de alta qualidade. Além disso, a categorização do site simplifica bastante o processo de pesquisa.

morgueFile – o morgueFile é um velho conhecido de quem procura fotos grátis, e sua coleção é impressionante.

No Cost, Royalty Free Image Resources

Imagens e sites pagos

Se os negócios vão bem e você puder aplicar uma pequena quantia do seu dinheiro na captação de imagens principais, talvez esteja na hora de usar um dos sites pagos abaixo. Afinal, por serem pagos, o número de usuários é menor – de modo que a sua imagem será ainda mais exclusiva.

Creative Market – um dos melhores sites de imagens e gráficos de toda a Internet. A qualidade das imagens é espetacular, e os preços são razoáveis.

500px Prime – um site repleto de fotografias belíssimas e de alta qualidade, capturadas por fotógrafos de todo o mundo.

Dollar Photo Club – apenas um dólar por imagem.

Stocksy – mais um site repleto de fotografias e imagens capturadas fotógrafos selecionados. O valor varia entre 10 dólares para imagens pequenas, 25 dólares para imagens de tamanho médio e 50 dólares para imagens maiores. Caso queira imagens com uma cara mais brasileira, procure uma palavra-chave em inglês, como por exemplo "Shoes" (Sapatos) e depois filtre no menu à esquerda por "Location" (Localização), selecionando o Brasil.

Por mais que a diversidade de imagens seja grande, não se esqueça de que elas foram criadas por outras pessoas. Se você tem tempo disponível e um orçamento mais folgado, talvez queira aprender a fotografar imagens exclusivas para a sua marca. É o caso da DO, empresa portuguesa que fabrica mochilas antifurto! Com fotografias em estilo simples e refinado, a loja virtual da marca consegue cativar seus clientes em poucos minutos. A marca foi além e colocou um vídeo no banner do site!

Lock DO Shopify

O importante é lembrar que atuar como o seu próprio fotógrafo não precisa ser algo caro e nem complicado; hoje em dia, mesmo as fotos tiradas com smartphones podem ficar extremamente lindas. Se estiver disposto a tentar, veja essa lista com sete cursos virtuais de fotografia – todos são gratuitos!

Também recomendamos o nosso guia para tirar fotos de alta qualidade usando smartphones; afinal, várias dicas desse guia podem ser usadas ao fotografar cenários, pessoas ou objetos para as imagens principais do seu site.

Como criar uma imagem principal

O Adobe Photoshop (R$35/mês) é o programa mais usado entre designers gráficos e artistas visuais. Contudo, o preço é bastante salgado e o programa não conta com uma interface intuitiva – mas a boa notícia é que encontramos outras alternativas mais amigáveis!

Pixlr (virtual e gratuito) – editor virtual de imagens. Se você já estiver familiarizado com o processo de edição de imagens, verá que o Pixlr é bastante intuitivo. Caso contrário, esse editor poderá dar certa dor de cabeça. Se você se encaixa no segundo grupo, experimente usar o recurso de edição virtual.

Pixelmator (aplicativo para OSX; US$29,99) – o Pixelmator é um editor de imagens repleto de recursos. Disponível apenas para a plataforma OS X, ele custa US$29,99.

Canva (virtual e com opção paga) – o Canva é um aplicativo de edição de imagens relativamente novo; contudo, ele faz mais do que apenas aperfeiçoar as suas fotografias. O objetivo dos criadores é simplificar o processo de edição de imagens para que qualquer pessoa possa criar uma arte própria. No Canva, é possível selecionar o tamanho da imagem e incluir diversos elementos, como fontes e outras fotografias (gratuitas ou pagas).

PicMonkey (virtual e gratuito) – o PickMonkey pode até ter uma carinha de inocente com a sua interface simples e intuitiva; mas não pense que ele não tem nada a oferecer. Ele conta com vários recursos adicionais na sua versão premium.

Concluindo...

Esperamos que você tenha entendido o propósito das imagens principais e como elas podem ser usadas em sites. Lembre-se sempre de trocar as imagens do site, pois isso dá a sensação de novidade aos visitantes – e um toque a mais ao seu site. É assim que você fará com que os clientes realizem as ações planejadas; e é assim que você atingirá as suas metas de conversão.

Achou que esquecemos de algum aplicativo ou recurso para a edição ou a obtenção de imagens? Avise nos comentários!


Which method is right for you?Sobre a autora

Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

Post original em inglês: Richard Lazazzera

Tradução e localização: Marcela Lanius

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

Tópicos:

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.