Como e onde abrir uma loja pop-up

Como e onde abrir uma loja pop-up

Pop-up store | Shopify Retail blog

Se você é um empreendedor do e-commerce e conseguiu construir uma loja de sucesso, uma comunidade sólida de clientes fidelizados e um número considerável de seguidores nas redes sociais, provavelmente deve ter sido mordido pelo audacioso bichinho do “E agora? Qual é o próximo passo? 

O fato é que, se você já conquistou o mundo virtual da forma como havia sonhado, talvez tenha chegado a hora de testar as águas do comércio físico. Muitos especialistas do e-commerce, aliás, já dizem que o futuro do varejo não está concentrado no mundo virtual, mas sim em uma forma de comércio multicanal. Mais uma razão para ampliar o alcance da sua marca e encontrar outros canais de venda, não é mesmo?

Atenção: isso não quer dizer que você precisa começar a investir todos os seus rendimentos no comércio físico e abrir uma loja gigantesca no ponto comercial mais exclusivo da cidade! Em vez de fazer isso, que tal trilhar um caminho um pouquinho diferente?

As lojas pop-up, por exemplo, podem ser uma excelente opção para lojistas e empreendedores que querem desbravar o mundo do varejo físico, mas não querem gastar grandes quantias de dinheiro logo de cara.

Não sabe o que é uma loja pop-up? Nós explicamos:

Uma loja pop-up nada mais é do que uma ativação temporária (que pode durar apenas um dia ou até mesmo três meses) de uma marca em um espaço físico. É nesse espaço que você poderá vender os seus produtos e conquistar novos clientes, sem precisar se preocupar com o valor do aluguel, a necessidade de contratar empregados ou os custos de qualquer outro processo interno e demorado.

A relevância do espaço físico escolhido, portanto, é a regra de ouro para qualquer empreendedor que deseja levar sua marca de e-commerce para uma loja pop-up. Foi por isso mesmo que criamos esta pequena lista com sete ideias de locais para lojas pop-up. Esperamos que ela possa ser útil nessa nova etapa da sua história!

Vamos começar?

1. Uma loja dentro de outra loja

Poketo pop-in store at Nordstrom, pop-up shop | Shopify Retail blog

Imagem: Poketo

 

Encontrar um espaço para uma loja pop-up não precisa ser um empreendimento solitário: se você não sabe muito bem por onde começar, por que não tenta firmar uma parceria com outro varejo (de preferência, um varejo com espaços físicos já bem estabelecidos) para criar a sua loja pop-up dentro do espaço dessa loja?

A ideia é simples e pode trazer benefícios para todos os envolvidos: por um lado, você usa o espaço (e fideliza os clientes) de uma marca já conhecida para vender os seus próprios produtos. Por outro, a marca em questão pode contar com você para fornecer produtos exclusivos ou que complementam aqueles que ela está vendendo. A Malha, por exemplo, é um empreendimento de moda sustentável que trabalha com lojas pop-up e já fez parcerias com grandes marcas como a C&A:

Imagem: Malha

 

Este cenário também é especialmente benéfico para e-commerces que ainda não possuem uma estratégia bem-estabelecida para espaços físicos, pois as grandes marcas costumam ter espaços já pré-determinados para as lojas pop-up. Isso diminui o tempo gasto na preparação da loja e otimiza o tempo de ativação da pop-up, gerando níveis mais elevados de lucro e de tráfego para as duas marcas envolvidas no processo.

Se você optar por este caminho, a primeira coisa a fazer é analisar com bastante atenção os seus produtos e o público-alvo do seu e-commerce. Em seguida, faça uma pequena busca por lojas, marcas e varejos que vendem produtos semelhantes aos seus ou então que possuem valores e políticas relevantes para sua marca, pois eles serão os parceiros ideais para uma estratégia de pop-up. Por último, rascunhe uma proposta comercial para entrar em contato com o responsável pelo espaço.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


 

2. Galerias ou eventos de arte

Pop-up shop, gallery space | Shopify Retail blog

É verdade que as galerias e eventos de arte não costumam ser espaços cobiçados pela grande maioria dos empreendedores. Contudo, esses espaços podem ser bons aliados para lojas pop-up, já que muitas vezes oferecem uma liberdade de criação bem maior para lojistas que desejam construir um espaço realmente único.

Além disso, vale lembrar que as galerias de arte e outros eventos relacionados ao mundo artístico não só costumam ser esteticamente agradáveis, como também são gerenciados e organizados por profissionais que possuem certa experiência na disposição de espaços físicos. Isso significa que você terá a ajuda de pessoas que sabem como dar um bom destaque à sua pop-up e poderá, portanto, criar uma experiência de compra realmente inesquecível.

3. Feiras e festivais gastronômicos

Hoje em dia, é difícil encontrar uma cidade que não tenha feiras semanais ou festivais gastronômicos aos finais de semana – e é mais difícil ainda encontrar alguém que não seja fã desse tipo de evento. Afinal, como não gostar de algo que consegue unir comida, bebida e diversão?

Se você estiver interessado em fazer uma pop-up num espaço desta natureza, a primeira coisa a fazer é entrar em contato com os organizadores do evento e verificar quais são os requisitos e valores para participar. Também pode ser uma boa ideia consultar lojistas e feirantes que você já conhece e que trabalham no evento escolhido, pois eles podem ter algumas dicas valiosas para novatos.

LEITURA RECOMENDADA: Não sabe como escolher o evento ideal para a sua loja pop-up? Nós podemos ajudar!

4. Bazares e festivais

Bazares, festivais, feiras de artesanato: os nomes são muitos e os tamanhos, os mais variados. Qualquer seja o nome e o tamanho, a verdade é que eventos desta natureza podem ser extremamente relevantes para lojistas que estão querendo romper a barreira do mundo virtual. Vale lembrar que o público desses eventos está sempre atrás de produtos realmente únicos: itens personalizados, acessórios feitos à mão, cosméticos naturais e muito mais. A ideia predominante nesses espaços, como você já deve ter adivinhado, é bem legal: prestigiar os empreendedores e as marcas locais.

De novo, ressaltamos a importância de entrar em contato com os organizadores desses eventos para ficar a par dos requisitos a serem cumpridos e das taxas que devem ser pagas. Se possível, tente também conversar com lojistas ou marcas que já participaram de outras edições do evento. Quando chegar a hora de escolher o espaço físico da sua pop-up, procure um local de destaque, capaz de atrair um bom público.

5. Outros eventos voltados para grandes públicos

Music festival, pop-up shop | Shopify Retail blog

Mas, o que fazer se o seu público-alvo não frequentar bazares e feiras gastronômicas? Ou se o seu produto simplesmente não se adequar a um festival específico?

Bom, a primeira coisa a fazer é pesquisar outros espaços e eventos, como festivais de música, shows, congressos, competições esportivas ou outros que possam reunir o público para o qual você está tentando vender.

Lembre-se: o segredo para fazer uma loja pop-up funcionar é estar no mesmo lugar que os seus clientes. Pesquise, converse, mantenha-se informado e não deixe de levar a sua pop-up para os lugares certos.

6. Shoppings

Shopping mall, pop-up shop | Shopify Retail blog

O shopping center é, ainda hoje, a meca do consumismo. Por isso mesmo, ainda se constitui como uma opção altamente rentável para empreendedores que querem aproveitar o altíssimo tráfego diário que esses espaços apresentam.

Mas... Como construir uma pop-up em um shopping?

Bom, há dois caminhos possíveis: alugar um quiosque ou outro espaço dessa natureza e colocar sua pop-up bem no meio do shopping, ou então procurar espaços vazios dedicados exclusivamente às pop-ups (como espaços para lojas que estão desocupados há bastante tempo).

É verdade que alugar um espaço em um shopping pode ser algo extremamente caro, ainda mais quando levamos em conta as outras opções que listamos neste texto. Contudo, o shopping é o espaço ideal para lojistas e marcas que já possuem certa experiência no varejo físico. Além disso, vale lembrar que os shoppings brasileiros estão cada vez mais interessados nesta ideia.

7. Espaços desocupados no comércio de rua

Vacant storefront, pop-up shops | Shopify Retail blog

Por último, o sonho de muitos lojistas: ter uma loja própria, bem-estabelecida e muito bem situada em um comércio de rua. É verdade que, para muitos empreendedores que possuem lojas de pequeno porte, esta é uma realidade bem distante; contudo, também pode ser encarada como opção válida e recheada de potencial.

Assim como com todas as outras opções de pop-up, tudo vai depender da localização do espaço: a rua escolhida, o bairro, a cidade... Se você está atrás de algo realmente único ou de um contrato negociável, pode ser uma boa ideia pedir a ajuda de um agente imobiliário.

Uma loja física, afinal, pode ser não só a concretização de um sonho, mas também uma oportunidade de ouro para competir com aqueles ditos “gigantes” do mercado.

Você está pronto para começar?

Agora que você já tem as melhores dicas para encontrar o espaço ideal da sua loja pop-up, está na hora de tirar os planos do papel. Analise as oportunidades com cautela e lembre-se de estar perto dos seus clientes (e do público-alvo que você deseja conquistar). Sucesso!


Which method is right for you?Sobre a autora

Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

Post original em inglês: Humayun Khan

Tradução e localização: Marcela Lanius

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

Tópicos:

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.