Blogs da Shopify

Como vender mais com o recurso Compras no Instagram

shopping on instagram

Não há como negar: o Instagram é um gigante da internet. Com mais de um bilhão de usuários ativos todo mês e mais de 400 milhões de pessoas assistindo, todos os dias, Stories dos perfis mais diversos, a plataforma é uma mina de ouro para empreendedores do e-commerce e do varejo.

Agora, com o novo recurso Compras no Instagram, que conecta lojas virtuais aos perfis das marcas, a plataforma confirma o seu status de marketplace que promove o contato entre marcas e clientes.

Mas isso não quer dizer que incorporar o Compras no Instagram à estratégia de marketing da loja seja uma tarefa fácil. Na verdade, há diversas maneiras de realizar tal incorporação (e todas exigem criatividade).

Por que não damos uma olhadinha no que algumas marcas de e-commerce têm feito com o recurso Compras no Instagram?

Por que usar o recurso Compras no Instagram?

A possibilidade de realizar uma compra diretamente no Instagram foi muito bem-recebida pelos usuários da plataforma, especialmente entre aqueles que já seguem algumas marcas ou que usam a guia Explorar do Instagram para descobrir lojas e produtos.

E se você acha que quase ninguém interage com lojas no Instagram, alto lá: quase 80% dos usuários seguem, ao menos, um perfil comercial.

A criação de recursos como o Compras no Instagram, portanto, pode ser incrivelmente lucrativa para lojistas e empreendedores: afinal, eles possibilitam a criação de uma experiência de compra descomplicada e eficiente, que começa com uma única publicação.

Como usar o Compras no Instagram: guia para iniciantes

O seu perfil comercial precisa seguir algumas diretrizes da plataforma para que você possa usar o Compras no Instagram. Antes de começarmos, portanto, cumpra os passos abaixo:

  • Certifique-se de que a sua loja virtual venda apenas itens que estão de acordo com as políticas de venda do Instagram e do Facebook;
  • Confira se o seu perfil do Instagram já é um perfil comercial;
  • Se o perfil da loja já é um perfil comercial, certifique-se de que ele está associado a um catálogo do Facebook (você pode encontrar um guia completo sobre o tema aqui).

Você já é um lojista da Shopify?

Temos um guia completo que mostra como você pode marcar os produtos da sua loja nas publicações do feed (e também nos conteúdos dos Stories) para transformar as curtidas dos seguidores em lucro concreto no caixa da loja.

Clique aqui para saber mais

    Agora, está na hora de começar a vender no Instagram.

    4 recursos do Instagram para gerar vendas

    O Compras no Instagram não é o único recurso disponível para e-commerces e lojas virtuais que querem gerar vendas na plataforma. Na verdade, existem quatro outros recursos igualmente poderosos:

    1. Tags de produto (para publicações no perfil): as tags de produto permitem marcar os produtos que estão naquele conteúdo, como se você estivesse marcando as pessoas presentes em uma foto ou em um vídeo. Com as tags, os seus seguidores podem começar o processo de compra ali mesmo, com apenas um toque.
    1. Figurinhas de produto (para publicações nos Stories): similares às tags de produto, as figurinhas funcionam nos Stories e não nos conteúdos publicados no feed.
    1. Guia “Loja” (presente no perfil): a guia “Loja” é exibida entre os Destaques e o feed, e contém todos os produtos que já foram marcados com as tags de produto.
    1. Links “Ver mais” (nos Stories): o “Ver mais” permite redirecionar os usuários para outras páginas fora da plataforma do Instagram, como o site oficial da loja. Vale lembrar que ele não é um recurso exclusivo de compras, mas sim um que está disponível apenas para perfis que possuem mais de 10 mil seguidores.

    Exemplos reais de lojas que já utilizam o Compras no Instagram

    A natureza altamente visual do Instagram faz com que recursos como o Compras no Instagram e as tags de produtos sejam aliados importantes para os e-commerces que já utilizam a plataforma.

    No entanto, um número significativo de marcas ainda encontra dificuldades sérias na hora utilizar esses recursos, sobretudo porque não conseguem encontrar uma identidade visual e uma estética agradável para seus conteúdos.

    O resultado? Posts que não cativam os seguidores (e, claro, um número mínimo de vendas).

    Vejamos, então, o que você pode fazer para evitar o cenário acima – e vender mais no Instagram.

    1. Tire fotos de alta qualidade

    As marcas que querem se destacar nas redes sociais precisam, obrigatoriamente, contar com fotos e vídeos de alta qualidade. A boa notícia é que, hoje em dia, isso não significa ter que investir em um estúdio e muito menos em modelos, já que você pode tirar fotos incríveis com a câmera do seu próprio smartphone.

    A Sobrebarba, por exemplo, costuma publicar imagens que têm como foco central os produtos da loja (incluindo, claro, as tags de produto):

    O post da Sobrebarba apresenta três itens imprescindíveis para um conteúdo de alta qualidade:

    • Plano de fundo da imagem: fundos levemente desfocados ou que utilizem cores neutras, como branco ou preto, ajudam a criar uma estética agradável e consistente.
    • Destaque: você pode colocar os produtos em posição de destaque no primeiro plano para atrair imediatamente o olhar do cliente.
    • Iluminação: a opção mais barata, claro, é fotografar em um ambiente com uma boa luz natural. No entanto, você também pode utilizar espaços com boa iluminação artificial, desde que a lâmpada emita uma luz branca e não amarela (o branco fotografa melhor). 

    Você também pode seguir o exemplo da Sobrebarba e fotografar dois produtos (ou mais) em uma única foto, compilando as tags de produto em uma única publicação.

    Pode parecer muito trabalho para uma só foto, mas lembre-se: essa uma foto pode ter um impacto enorme no número de vendas da sua loja. Além disso, uma boa fotografia de qualidade é um ativo para a sua loja, uma vez que pode ser reutilizada em novas campanhas de marketing e em outros conteúdos.

    2. Associe os seus produtos a um estilo de vida

    Você não precisa investir apenas no estilo de fotografia de produto que mostramos acima.

    Se a ideia é aproveitar ao máximo a natureza visual do Instagram, por que não mostrar o seu produto no mundo real? Em situações cotidianas? Você pode associar os seus produtos a um estilo de vida específico, para que os seus seguidores e clientes em potencial possam se imaginar naquelas situações.

    Lembre-se: a identificação com o produto e com a marca é um passo importante no processo de compra, especialmente em plataformas como o Instagram.

    A Herschel Supply Co, por exemplo, consegue fazer isso de maneira elegante e descontraída:



    O conteúdo da marca indica que a Herschel também investe em uma identidade visual urbana e jovem, ideal para o seu público-alvo. A foto da esquerda, por exemplo, poderia facilmente ser uma foto publicada por uma seguidora da marca durante uma viagem.

    Se você não tem os recursos necessários para criar conteúdos como este, não se preocupe: temos ainda uma terceira estratégia.


    Você tem uma ideia de negócios?

    Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


     

    3. Publique conteúdos gerados pelos usuários

    Se o seu produto está vendendo bem e a loja está recebendo boas avaliações, há grandes chances de que os seus clientes estejam publicando fotos, vídeos ou outros conteúdos sobre o produto nas redes sociais.

    Mais do que um marketing gratuito para a sua marca, esses conteúdos gerados por usuários podem ser incorporados ao perfil oficial da loja – incentivando a criação de novos conteúdos, impulsionando o número de compras e, claro, ajudando a criar uma identidade descontraída para a loja.

    A Mr. Cat é um bom exemplo de uma marca que, mesmo já estabelecida no mercado físico, conseguiu se adaptar ao mundo virtual do Instagram e das redes sociais. Sempre que o perfil oficial da loja publica conteúdos de usuários, a publicação é orgânica e natural:

    A melhor parte é que a Mr. Cat também inclui as tags de produto e algumas hashtags nesses conteúdos, o que potencializa as chances de venda.

    Vale lembrar também que tanto as tags de produto como as hashtags são recursos especialmente importantes para lojistas que querem aparecer na guia Explorar do Instagram, que agora conta com uma aba inteira denominada “Compras”:



    A aba Compras foi lançada globalmente em março de 2018 e, assim como todos os outros conteúdos do Instagram, é gerada e analisada pelo algoritmo da plataforma. Dessa forma, os seus produtos poderão ser exibidos na guia Comprar dos usuários que seguem marcas similares ou que interagem com conteúdos semelhantes aos seus.

    É verdade que um número cada vez maior de marcas vem usando as redes sociais como pontes para estabelecer um diálogo honesto e espontâneo com seus clientes. Com a tendência cada vez mais forte de um atendimento ao cliente diferenciado e de uma experiência de compra totalmente exclusiva, podemos esperar uma onda de novos conteúdos: conteúdos que não só são gerados pelo cliente e pela marca, mas que contam a história particular daquele cliente com um determinado produto.

    Lembre-se: a ideia de que lojas e marcas não devem interagir diretamente com os clientes ficou no passado.

    Atualmente, estima-se que cerca de 90 milhões de contas utilizem mensalmente as tags de produto e o recurso Compras no Instagram. Se você quiser encontrar um espaço para a sua loja, portanto, precisará investir em conteúdos originais e cativantes.

    Como utilizar o Compras no Instagram nos Stories da loja

    No início de 2019, o Instagram Stories conquistou a incrível marca de meio bilhão de usuários ativos diariamente – e, segundo o Facebook, mais de dois milhões de lojas e empresas já garantiram aquele espaço privilegiado de anúncios que é exibido entre os Stories.

    Com a expansão do Compras no Instagram para os Stories e, como vimos ali em cima, para a guia Explorar, as marcas e lojas que já utilizam o Instagram ganharam novos recursos para anunciar seus produtos.

    Mas... Como usar os Stories para vender produtos?

    1. Não basta apenas vender: você precisa educar e divertir o seu público-alvo

    A grande vantagem do Instagram Stories é justamente a sua natureza efêmera, que permite a geração de conteúdos espontâneos e, muitas vezes, inesperados.

    Isso significa que, hoje em dia, os conteúdos publicados no feed do perfil são tidos como “oficiais”, pois costumam ser mais sérios e relevantes. Os conteúdos publicados nos Stories, no entanto, são muito mais descontraídos, engraçados e, até mesmo, humanos, pois captam um lado da marca que dificilmente é transmitido no feed.

    Você também pode usar o espaço dos Stories para ampliar a mensagem da sua marca, mostrando mais do que promoções e ofertas exclusivas.

    Se você tem mais de 10 mil seguidores, por exemplo, pode usar os links “Ver mais” para redirecionar os seus seguidores ao blog da loja ou mesmo para o seu canal do YouTube.

    A Quem disse, Berenice? faz isso muito bem com os Stories que redirecionam os seguidores ao “apê da berê”, o canal da marca no YouTube. Geralmente, os Stories são de uma foto só, acompanhados de uma mensagem que descreve o tema principal do vídeo:

    2. Adote o formato de vídeo para anunciar os produtos da loja

    Você sabia que os anúncios em vídeo publicados nas redes sociais influenciam diretamente o processo de compra dos clientes? Na verdade, 46% dos usuários acham que os vídeos têm um impacto positivo na decisão de compra.

    Pois é: mais um motivo para incluir o formato de vídeo na sua estratégia de publicidade no Instagram.

    A Arezzo, por exemplo, tem uma excelente estratégia de vídeo para os Stories. A marca publica conteúdos interativos em vídeo quase todos os dias, mostrando looks completos para o trabalho, para uma ocasião especial ou para o final de semana (tudo isso, claro, mantendo a identidade visual da marca).

    Um bom conteúdo de vídeo é aquele que consegue contar uma história para o cliente. Se você conseguir contar boas histórias sobre a marca ou sobre os seus produtos, as chances de que os clientes entendam o valor da sua marca (e, possivelmente, realizem uma compra) aumentam consideravelmente.

    Vale lembrar ainda que é possível adicionar adesivos ou links “Ver mais” aos seus Stories – e salvá-los aos seus Destaques, para que sejam visualizados a qualquer momento por novos seguidores ou mesmo por clientes já fidelizados.

    3. Teste a nova funcionalidade do Compras no Instagram: as figurinhas de produto

    O Instagram Stories é um recurso poderoso para marcas que querem promover seus produtos de maneiras divertidas, que fogem à publicidade tradicional.

    No entanto, até pouco tempo atrás, o Stories ainda era um espaço bastante limitado: para além dos links “Ver mais”, não existiam outros recursos que pudessem gerar tráfego ou mesmo iniciar o processo de compra.

    Isso tudo mudou com o lançamento das figurinhas de produto, atualmente disponíveis apenas para alguns mercados. Elas são parecidas com as tags de produto, só que funcionam exclusivamente nos Stories.

    Como lojas e marcas usam o Instagram: recapitulando os pontos principais

    Como já comentamos no início do texto, a expansão do Instagram para o mundo do e-commerce (sobretudo com o Compras no Instagram) simboliza uma oportunidade única para lojistas e empreendedores que desejam investir em um processo de compra simplificado e intuitivo.

    Mas, antes de começar a vender os produtos da sua loja com as tags de produto ou com os outros recursos que mostramos, lembre-se sempre dos três pontos abaixo.

    1. Qualidade acima de tudo

    As descrições de produto, as legendas das fotos, a bio do perfil, os nomes dos Destaques: tudo isso precisa ser criado com cuidado e atenção, pois são elementos essenciais para a experiência de compra do cliente.

    Lembre-se: um cliente em potencial pode desistir da sua marca em questão de segundos. Basta que ele veja algo que não o agrade.

    2. Crie uma experiência visual

    Por mais que o Compras no Instagram possa ser usado de diversas maneiras diferentes para anunciar produtos, é possível que a estratégia mais eficaz seja justamente a mais visual: criar conteúdos que ajudem os clientes a imaginarem suas vidas com aquele produto.

    3. Adote a utilização de conteúdos em vídeo

    A verdade é que o marketing em vídeo veio para ficar, e possivelmente será um elemento importante de qualquer estratégia de publicidade para o Instagram. Por isso mesmo, use-o a seu favor: crie conteúdos interativos, divertidos e espontâneos.

    Como você pretende usar o Compras no Instagram?

    O recurso Compras no Instagram é apenas o primeiro passo para empreendedores e lojistas que veem no Instagram uma plataforma poderosa de vendas. É apenas uma questão de tempo até que os seus clientes em potencial (e o público geral) estejam totalmente familiarizados com esse novo modelo de compras.

    Quando isso acontecer, a sua marca precisa estar pronta para atender a essa nova demanda.


    Which method is right for you?Sobre a autora

    Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

    Post original em inglês: Ash Read

    Tradução e localização: Marcela Lanius

    Você tem dúvidas sobre a Shopify?

    Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

    atendimento@shopify.com

    Tópicos: