Google Analytics para e-commerce: um guia para iniciantes

Google Analytics para e-commerce: um guia para iniciantes

featureSe você está tentando lucrar com a sua empresa ou o seu produto, o Google Analytics em português pode ser um aliado poderoso: os insights gerados por essa ferramenta exibem informações valiosas sobre o seu site, os visitantes e as cidades ou países desses visitantes. E o melhor de tudo é que você pode usar essas informações para encontrar novos clientes e aumentar a conversão.

Sabemos que o Google Analytics pode parecer uma ferramenta confusa e entulhada de relatórios técnicos e informações complexas, especialmente se você é um empreendedor novato da área de E-commerce.

E foi pensando em empreendedores como você que criamos este post. Aqui, vamos explicar como configurar uma conta do Google Analytics, mostrar quais são os relatórios que talvez sejam importantes para você e também revelar algumas dicas que podem aprimorar o seu conhecimento e impulsionar as suas vendas.

Está pronto? Vamos lá!

Por que usar o Google Analytics?

O dono de uma loja física pode ver os seus clientes a qualquer momento: ele conhece os hábitos de compras dessas pessoas e pode conversar com elas sempre que quiser para descobrir se há algo que ele pode fazer para melhorar. No entanto, o mesmo não acontece com o dono de uma loja de E-commerce – e é nessas horas que uma ferramenta como o Google Analytics vem a calhar, já que é ela que captará as informações essenciais dos clientes.

O Google Analytics pode ajudar você não só a descobrir se os seus esforços de marketing estão dando resultado, mas também a conhecer melhor os visitantes e otimizar a sua loja para impulsionar o número de conversões e de vendas.

Como configurar o acompanhamento de comércio eletrônico no Google Analytics

O processo de configuração do Google Analytics é relativamente simples – no entanto, as etapas exatas dependem do seu carrinho de compras. Se você estiver na plataforma do Shopify, basta criar uma nova conta no Google Analytics, copiar o código de acompanhamento e colá-lo diretamente na página de configuração do Google Analytics.

Como criar uma conta do Google

Você não pode usar o Google Analytics se não possuir uma conta do Google – ou uma conta do Gmail. Caso não tenha nenhuma dessas, crie uma conta do Google.

        1. Acesse o Google Analytics e clique na opção “Criar uma conta” localizada no canto superior direito. Google Analytics Shopify
        2. Em seguida, você será redirecionado para uma nova página. Clique na opção Inscreva-se para criar o seu perfil e acompanhar as análises referentes ao seu site de E-commerce.
        3. Na tela seguinte, selecione a opção Website e preencha os campos necessários.
        4. Clique no botão Obter ID de acompanhamento, localizado na parte inferior da página, para obter o seu código de acompanhamento.
        5. Depois de aceitar os termos de privacidade, você será redirecionado para uma nova página na qual receberá o seu código de acompanhamento. Lembre-se de copiá-lo, pois ele será mais ou menos assim:Getting A Google Account
        6. Abra a opção Admin da sua loja do Shopify e acesse Settings - Online Store (Configurações – Loja Online)   Shopify admin screenshot
        7. No campo indicado abaixo, cole o código do Google Analytics.Getting A Google Account
        8. Depois de adicionar o código ao site, ative a ferramenta opcional (porém muito importante) de acompanhamento eletrônico do Google Analytics. Para fazer isso, siga as instruções abaixo:
        9. Clique na opção Administrador presente na barra de opções do Google Analytics.
        10. Selecione a sua conta; ela será exibida nos menus suspensos.
        11. Na terceira coluna, clique em Configurações de comércio eletrônico.
        12. Clique em Enviar na parte inferior da página.

Atenção: talvez seja necessário aguardar 24 horas até que o Google Analytics comece a coletar as informações do seu site.

Caso queira ver informações ou tutoriais adicionais sobre como configurar o Google Analytics na plataforma do Shopify, consulte a nossa documentação (mas atenção: ela está em inglês). Se você está usando outra plataforma que não o Shopify, consulte a documentação de ajuda do Google Analytics.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


 

Relatórios básicos

O Google é capaz de gerar diversos relatórios, que podem ser divididos e interpretados de diferentes maneiras. Mas não se desespere: se você ainda é um novato da área, encontrará todas as informações e insights que está procurando nos relatórios básicos de visão geral.

No menu esquerdo do Google Analytics, você verá as principais categorias de relatórios. Se você não sabe muito bem por onde começar ou ainda não está familiarizado com a ferramenta, recomendamos os seguintes tipos de relatório:

  • Tempo real– Mostra o que está acontecendo no seu site naquele exato momento.
  • Público– Mostra quem são os visitantes do seu site.
  • Aquisição– Mostra como os visitantes e clientes encontraram o seu site.
  • Comportamento – Exibe informações importantes sobre o seu site, bem como as ações dos visitantes dentro dele.
  • Conversões– Exibe informações sobre as vendas e conversões.

Google Analytics Shopify

Agora, vamos destacar os relatórios mais relevantes para os usuários empreendedores que ainda não estão familiarizados com a ferramenta. Depois desse primeiro contato com a ferramenta, os usuários se sentirão mais confortáveis para explorar outras seções e relatórios do Google Analytics.

Lembre-se de que todos os relatórios (com exceção dos Relatórios de Tempo real) analisam um período de 30 dias, mas você pode alterar esse intervalo a qualquer momento; basta usar o seletor de datas localizado no canto superior direito.

Relatórios de Tempo real

Google Analytics Shopify 

Os relatórios de Tempo real são excelentes ferramentas para monitorar o tráfego do seu site, uma vez que exibem os visitantes que estão online naquele exato momento, as origens do tráfego, a localização geográfica dos visitantes e as outras páginas que eles possivelmente estão visitando.

Além disso, os relatórios de Tempo real também podem ser especialmente úteis se você quiser avaliar o desempenho de um post publicado numa rede social, num email ou numa campanha de marketing, uma vez que podem monitorar o impacto imediato desses recursos no tráfego do seu site.

Para exibir os relatórios de Tempo real do seu site, clique na opção TEMPO REAL localizada no menu de navegação do lado esquerdo e, em seguida, na opção Visão geral. Desse modo, você poderá ver todas as informações em um único painel, como indicado na imagem acima – mas lembre-se de que você também pode vê-las em mais detalhes. Para fazer isso, basta selecionar os outros tipos de relatórios de Tempo real, como Locais, Origens de tráfego, Conteúdo, Eventos e Conversões.

O que posso fazer com essas informações?

Sabemos que as análises em tempo real ainda são novidade; no entanto, elas podem ser muito úteis para:

  • Avaliar se uma determinada promoção aumentou o tráfego do seu site e quais páginas estão sendo visitadas;
  • Monitorar os efeitos imediatos que um post de rede social, de blog ou email pode ter no tráfego do seu site.

Relatórios de Público

Google Analytics Shopify

Os relatórios de Público oferecem insights valiosos sobre os visitantes da sua loja de E-commerce. Com os diversos tipos de relatório presentes nessa modalidade, você poderá ver com mais detalhes algumas informações como a idade e o sexo dos seus visitantes, os idiomas que eles falam, as cidades nas quais habitam e o tipo de dispositivo que eles estavam usando quando acessaram seu site (Mac, PC, celular, computador...)

O relatório Visão geral do público-alvo exibe o número total de visitantes (ou “sessões”), usuários novos e usuários recorrentes (em um gráfico de pizza) e outras informações que tratam das métricas abaixo:

  • Sessões – O número total de “sessões” de visitantes que o seu site recebeu
  • Usuários – O número total de visitantes únicos do site
  • Visualizações de página – As páginas do site que foram visualizadas
  • Páginas / sessão – Uma estimativa do número de páginas visualizadas por sessão (ou por visita)
  • Duração média da sessão – Uma estimativa de quanto tempo os visitantes gastam no seu site
  • Taxa de rejeição – Percentual de visitantes que deixam o seu site após visitarem apenas uma página
  • Novos usuários – Percentual de visitantes que estão acessando o seu site pela primeira vez

Na parte inferior do relatório Visão geral do público-alvo, você pode acessar algumas informações adicionais que tratam das seguintes métricas de visitantes:

  • Idioma
  • País/Região
  • Cidade
  • Navegador
  • Sistema operacional
  • Provedor de serviços
  • Sistema operacional do celular
  • Operadora do celular
  • Resolução de tela do celular

Como alterar segmentos

Por padrão, todos os relatórios do Google Analytics exibem informações referentes ao tráfego de visitantes na sua loja. No entanto, é possível detalhar essas informações para obter dados mais específicos – e é por esse motivo que o Google predefiniu alguns dos segmentos mais populares entre os seus usuários. Para visualizá-los, basta clicar na opção Todos os usuários, localizada na parte superior dos relatórios, e escolher um novo segmento no menu suspenso que será exibido.

Comparação de segmentos

Depois que estiver mais familiarizado com as informações acima, tente adicionar um novo segmento. E não precisa se assustar: isso significa apenas comparar as informações de um segmento com as informações de outro. Um exemplo prático seria, por exemplo, comparar os usuários que compraram o seu produto com aqueles usuários que não compraram, de modo a tentar entender a diferença entre esses dois segmentos de usuários.

Para fazer esse tipo de comparação, basta clicar na opção Todos os usuários situada na parte superior dos seus relatórios e, em seguida, selecionar o primeiro segmento. Depois disso, clique na opção + NOVO SEGMENTO e adicione um novo segmento para realizar a comparação.

O que posso fazer com essas informações?

As informações presentes nos relatórios de Público são valiosíssimas, uma vez que oferecem insights essenciais sobre os seus clientes – e podem ser o ingrediente que faltava para o seu sucesso.

  • As informações sobre os países dos visitantes, por exemplo, podem indicar para quais países você deve ou não enviar suas mercadorias.
  • Já as informações sobre as cidades dos seus visitantes também são extremamente relevantes, uma vez que podem ajudar você a reduzir o tempo e os custos de entrega – afinal de contas, você conseguirá definir uma logística de envio favorável e poderá estabelecer um armazém que esteja situado mais perto da maioria dos seus clientes.
  • As informações sobre o navegador, o sistema operacional e a resolução de tela podem ser úteis para analisar como – e em qual tipo de dispositivo – os clientes estão acessando o seu site; com isso, você poderá ajustá-lo e otimizá-lo.

Relatórios de Aquisição

 Google Analytics Shopify

Os relatórios de Aquisição são extremamente importantes, uma vez que indicam como os visitantes encontraram o seu site. Não se esqueça de que entender o que está dando certo (e também aquilo que está dando errado) na captação de clientes e visitantes é uma parte essencial para impulsionar a sua marca ainda mais.

Por padrão, o relatório Visão geral da aquisição pode ajudar você a determinar:

  • Os canais que cativam grandes números de visitantes
  • Os canais que incentivam os visitantes a desbravarem o seu site
  • Os canais que geram um número maior de vendas

 

Além disso, também recomendamos que você verifique regularmente o relatório Tráfego de referência – responsável por exibir todas as páginas e domínios que levam visitantes e tráfego para o seu site.

O que posso fazer com essas informações?

Os relatórios de Aquisição são peças essenciais não apenas para analisar como as pessoas estão encontrando o seu site, mas também para ajudar você a cativar um número ainda maior de visitantes.

  • Tenha em mente que conhecer os canais com maior tráfego e fluxo de vendas significa saber quais são os canais mais eficazes.
  • Descobrir quais são os outros sites que estão levando novos clientes até você também implica em descobrir novas oportunidades comerciais.

Relatórios de Comportamento

Os relatórios de Comportamento são responsáveis por buscar informações que ajudem você a aprimorar o conteúdo do seu site e as possíveis reações dos visitantes – e isso inclui até mesmo informações sobre a velocidade e o tempo de carregamento das páginas do site, fatores que podem impactar diretamente o seu SEO.

Além disso, os relatórios de Comportamento também podem ajudar a identificar a taxa de rejeição das páginas do seu site. Essa taxa, expressa em percentuais, assinala o número de pessoas que fecham o seu site sem olhar uma página sequer – o que pode indicar usuários que se confundiram com suas buscas ou usuários que não encontraram aquilo que procuravam. Atenção: determinar as páginas com taxas elevadas de rejeição significa determinar as páginas que precisam ser repensadas.

O que posso fazer com essas informações?

Os relatórios de Comportamento são aliados importantes para identificar as áreas do site que devem ser aprimoradas; é justamente por isso que é crucial que você entenda as informações contidas nesses relatórios. Afinal, é com a ajuda deles que você poderá melhorar a experiência dos seus visitantes – e, consequentemente, aumentar as conversões.

Relatórios de Conversão/Comércio eletrônico

Atenção! Os relatórios de Comércio eletrônico, presentes no menu Conversões, são o grande motivo pelo qual você ativou a opção de Acompanhamento de comércio eletrônico no Google Analytics. Também é importante lembrar que plataformas como o Shopify enviarão para o Analytics todas as informações referentes aos seus produtos, vendas e conversões.

Você pode usar o Acompanhamento de comércio eletrônico para saber um pouco mais sobre as compras dos seus visitantes, e até mesmo algumas informações sobre:

  • Produtos – Quais são os produtos adquiridos, os volumes dessas compras e as receitas geradas por esses produtos.
  • Transações –Os dados de receita, tributações, envio e quantidade que compõem cada transação.
  • Tempo até a compra –O número de dias e de sessões necessárias para a realização de uma compra, desde a campanha mais recente até a conclusão da transação.

O que posso fazer com essas informações?

É vital que você entenda o processo de realização de uma venda, especialmente se estiver vivendo um momento no qual as suas vendas começaram a aumentar – afinal, com esses relatórios você poderá vender ainda mais.

  • Ao identificar os produtos mais vendidos, você pode determinar não apenas itens em potencial que serão mais adequados para a sua base de consumidores, mas também aqueles itens que serão compatíveis com as suas estratégias de marketing.
  • Informações como a receita por transação e o número de produtos vendidos a cada transação podem ajudar você a determinar se está na hora de oferecer descontos por quantidade de produtos ou então eliminar os custos de envio (a partir de uma quantia mínima).

Use a pesquisa no site para descobrir o que os clientes estão procurando

Se você comercializa uma grande variedade de produtos ou então conta com um catálogo muito grande de mercadorias, talvez esteja na hora de investir em uma ferramenta de pesquisa no site – o que será conveniente não só para os seus clientes mas também para você. Afinal, não se esqueça de que, ao vincular o mecanismo de pesquisa no site ao Google Analytics, você terá uma visão muito mais ampla sobre o que os seus clientes estão procurando, e também sobre possíveis itens que precisem ser otimizados.

Para vincular o mecanismo de pesquisa do site ao Google Analytics, é só seguir os passos abaixo:

  • Faça login na sua conta do Google Analytics
  • Clique em Administrador na parte inferior esquerda da tela
  • Selecione a conta
  • Clique em Visualizar configurações
  • Ative a opção Acompanhamento da pesquisa no site

No entanto, ainda há uma última etapa a ser realizada: você precisa descobrir como o seu site identifica os termos de busca. De novo, não precisa se assustar: para isso, o seu site usa um parâmetro de consulta. O Google Analytics precisa ser informado de que deve procurar esse mesmo parâmetro de consulta.

Como localizar o parâmetro de consulta

Vá até o seu site e, no mecanismo de pesquisa, digite qualquer coisa. Depois disso, analise a URL da página com os resultados e localize o termo que você procurou.

Por exemplo, você verá a URL abaixo caso tenha procurado por “Google Analytics” no mecanismo de busca do Shopify:

Você deve ter notado que, logo antes do termo que você inseriu, há um “=” precedido por uma letra – nesse caso, “q”. Essa letra é o parâmetro de consulta do seu site.

Agora, basta digitar esse parâmetro (que pode ser uma letra ou uma palavra inteira) na caixa de diálogo “Parâmetro de consulta” que é exibida imediatamente abaixo da opção Acompanhamento da pesquisa no site no Google Analytics – e salvar!

Pronto. Você acabou de configurar o Google Analytics para analisar e registrar todas as buscas que os visitantes realizarem no seu site. Contudo, lembre-se de que pode demorar até 24 horas para que os dados comecem a ser registrados – então, seja paciente.

Quando você estiver pronto para ver esses dados, basta procurar o relatório em Comportamento – Pesquisa interna – Termos de pesquisa.

Para saber mais sobre o recurso de Pesquisa no site do Google Analytics, consulte a documentação oficial.

Campanhas

As campanhas de marketing são um dos principais recursos que precisam ser monitorados com o Google Analytics, uma vez que a ferramenta do Google permite a criação e o acompanhamento automático de campanhas – usando, para isso, uma URL especial.

Para acompanhar automaticamente as suas campanhas e criar uma URL monitorável, use os Criadores de URLs do Google.

Para usar essa ferramenta, basta inserir o link que você deseja monitorar e descrever brevemente a sua campanha. Depois de preencher os campos obrigatórios, o Google gerará um link monitorável.

O Google Analytics reconhecerá a tag e as suas campanhas automaticamente quando você começar a usar a URL.

Para verificar em detalhes o desempenho das suas campanhas, acesse Aquisição – Campanhas.

Conhecer a ferramenta já é meio caminho andado

Sabemos que o Google Analytics pode ser intimidador. A mera ideia de pilhas de dados, gráficos e tabelas sem dúvida assusta a maioria das pessoas que estão usando a ferramenta pela primeira vez. Contudo, conhecer ao menos as métricas fundamentais do seu site é um passo essencial para que a sua empresa possa crescer e lucrar ainda mais.

Esperamos que este guia tenha ajudado você a se familiarizar com alguns dos recursos básicos do Google Analytics – e que ele sirva como uma ferramenta para quebrar essa velha muralha que é o medo de novas tecnologias.

Caso queira saber mais sobre os relatórios do Google Analytics que mencionamos aqui, ou conhecer recursos mais avançados da ferramenta, acesse a Central de Ajuda do Google Analytics. Também leia mais sobre como começar a investir no Google Adwords para impulsionar suas vendas.


Which method is right for you?Sobre a autora

Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

Post original em inglês: Richard Lazazzera

Tradução e localização: Marcela Lanius

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.