Como Melhorar e Otimizar Sua Taxa de Conversão

Como Melhorar e Otimizar Sua Taxa de Conversão

Otimizar Taxa de Conversão

Sua loja virtual deve ser projetada com seus clientes em mente.

Embora o impulsionamento do seu tráfego seja capaz de gerar mais vendas, concentrar-se em transformar seu tráfego atual em clientes pagantes é uma medida igualmente importante.

Em cada etapa da jornada de compra dos seus clientes, existem novas oportunidades para que você torne o caminho mais simples e agradável. Através de experimentações e análises rigorosas, você pode ajustar seu website para aproximar as pessoas da concretização de uma compra. Esse processo é conhecido como Otimização da Taxa de Conversão (CRO).

Otimizar a Taxa de Conversão é uma técnica para aumentar aquela porcentagem do tráfego do seu site que realiza uma compra – também conhecida como conversão.

Conversões são importantes. Elas representam aquele ótimo momento quando um visitante casual da sua loja finalmente compra um dos seus produtos.

E, numa escala muito menor, as conversões ocorrem a todo instante, até a chegada desse momento.

Por exemplo, uma conversão na sua página inicial pode significar o clique de um visitante em um produto. Uma conversa em uma página de produto pode significar o clique do cliente na opção “adicionar ao carrinho”. As conversões podem ser completamente dependentes do objetivo pretendido por alguma parte específica do seu website.

Para otimizar sua loja online às conversões, tanto grandes quanto pequenas, você deve testar constantemente cada aspecto do seu website.

Seria a Otimização de Taxa de Conversão Indicada para Você?

A CRO é uma ferramenta crucial para empresários, mas não é indicada para todos. Para que você otimize sua loja com êxito, primeiramente será preciso possuir tráfego suficiente para realizar um teste apropriado.

Sem a quantidade ideal de tráfego, seus resultados não oferecerão nenhum insight real sobre como seus clientes estão utilizando sua loja online. Para ajudar você a determinar se a CRO é ideal ao seu caso, vamos rapidamente conferir as questões básicas.

Se você não possuir tráfego suficiente para realizar um teste A/B, concentre-se em levar mais visitantes à sua loja. Veja algumas táticas a ser utilizadas:

Introdução ao Teste A/B

Um dos elementos fundamentais da CRO consiste em uma forma de experimentação conhecida como teste A/B (ou teste split).

O teste A/B é uma forma de comparação entre duas versões da mesma página web, no objetivo de verificar qual delas produz melhores resultados. No teste A/B, duas versões diferentes de uma página são exibidas para dois grupos similares de visitantes ao mesmo tempo. Eventualmente, a versão que obtiver melhor desempenho e produzir mais conversões será declarada vencedora.

Antes de realizar um teste A/B, você deverá descobrir se o seu website recebe tráfego suficiente para produzir resultados estatisticamente significativos. Caso o tamanho da sua amostra seja muito reduzido, você não conseguirá absorver nada dos seus resultados, pois eles não refletirão com exatidão a forma como uma população maior está utilizando seu website.

Se você quiser calcular a amplitude do tamanho da amostra necessário para realizar um teste A/B, basta apenas inserir nesta calculadora a taxa de conversão atual da página web que você gostaria de testar. Se o tráfego recebido pela página for menor do que o tamanho da amostra necessário para o teste, concentre-se em primeiramente levar mais tráfego ao seu website, ao invés de otimizá-lo para conversões.

Descobrindo a Taxa de Conversão Atual de uma Página Individual

Para saber sua taxa de conversão atual, você deverá primeiramente se certificar de que possua o Google Analytics configurado para sua loja online. Com o Google Analytics, você poderá descobrir a taxa de conversão de partes específicas do seu website, incluindo as páginas que serão testadas.

Nota: este método apenas lhe oferece uma amostra da sua taxa de conversão atual e não deve ser utilizado para avaliar o resultado dos seus testes. Utilize esses dados somente para avaliar se o seu tráfego é suficiente para realizar um teste A/B bem-sucedido.

A forma mais rápida para encontrar a taxa de conversão atual de páginas específicas do seu website é utilizar o relatório Landing Pages no Google Analytics.

Landing Page

Para acessar a seção Landing Pages, primeiramente acesse a opção “Comportamento” e clique em “Conteúdo do Site”. Na lista suspensa, clique em Landing Pages. Certifique-se de que o período analisado possua o mesmo tempo de duração do seu teste. Para o objetivo desta parte do processo, utilize somente os últimos 30 dias.

Agora, na lista de landing pages, selecione a página web que você deseja testar. Por exemplo, caso deseje testar sua página inicial, clique em www.nomedasualojaonline.com.

Para descobrir a taxa de conversão de um objetivo específico nesta página, será preciso adicionar uma dimensão secundária ao seu relatório. Clique em “Adicionar Dimensão Secundária” e digite “Segunda Página”. A dimensão “Segunda Página” informará quais páginas os visitantes acessaram em seguida, bem como qual porcentagem de visitantes na sua primeira página seguiu para essas outras.

Por exemplo, digamos que você queira testar o número de pessoas que acessa a página de produtos do seu website a partir da sua página inicial.

Segunda Página da Landing Page

Para encontrar a taxa de conversão atual desta ação, basta escolher sua página inicial como sua primeira página e, então, analisar sua página de produtos na seção “Segunda Página” do seu relatório. A pequena porcentagem em cinza, relacionada na área “Sessões”, representará a taxa de conversão para essa ação.

Como Criar Experimentos de Otimização de Taxa de Conversão

Caso seu website possua tráfego suficiente para realizar um teste A/B bem-sucedido, você poderá começar a fazer experimentos na sua loja online.

Optimizely

Para realizar um teste A/B, você deverá utilizar uma ferramenta como Optimizely, Convert, Adobe Target ou Google Content Experiments, além de definir metas para sua loja online através do uso do Google Analytics. Crie uma meta individual para cada ação que você pretende testar no seu website.

No Google Analytics, as metas são uma forma de mensurar como seu website leva os visitantes a concluir uma tarefa ou objetivo específicos. As metas podem ser diversas: desde a compra de um produto até uma assinatura de newsletter ou uma simples navegação. Ao definir metas para seu teste, você poderá monitorar e analisar os dados por trás das decisões tomadas pelos clientes, conforme eles avançam pelo seu website.

Existem cinco tipos de metas no Google Analytics: destino, duração, páginas por sessão, evento e metas inteligentes. Para o objetivo da CRO, concentre-se nas metas de destino e evento.

Metas de Destino

Essas metas são utilizadas para rastrear o carregamento de páginas web específicas, além de rastrear pageviews como conversões. Você pode utilizar metas de destino para rastrear aspectos como compras ou navegação.

Se você quiser rastrear uma compra, basta definir a página de agradecimento ou confirmação do pedido como destino – uma conversão será rastreada toda vez que um cliente concluir um pedido e for redirecionado à página de agradecimento.

Para rastrear metas de navegação (como o acesso de alguém a uma coleção a partir da sua página inicial), defina o destino como sua página de coleção.

Metas de Evento

As metas de evento podem ser utilizadas para rastrear ações no seu website que não necessariamente levem alguém a uma landing page.

Por exemplo, caso queira rastrear a assinatura de uma pessoa à sua newsletter ou a inclusão de um item ao carrinho, você pode definir como evento a ação do clique de uma pessoa em um botão específico do seu website.

Aproveite um curso intensivo de otimização de conversão através de nossa lista gratuita com curadoria de artigos essenciais.

Enviem-me a lista de leitura gratuita

20 Experimentos de CRO para Você Começar

Otimizar sua loja online não é uma solução permanente para seu e-commerce, mas um processo contínuo que ajudará você a constantemente aprender mais sobre seu público e como é possível atendê-los melhor. Não se trata de uma tática com um desfecho específico, e sim algo que você deve continuar aperfeiçoando.

Também não existe uma regra fixa para otimizar seu website. Táticas que funcionam muito bem com uma loja podem ser nulas em outra. Por isso, é importante que você comece a fazer experimentos hoje mesmo, para que possa avaliar seus resultados e descobrir como eles podem ajudar a ampliar o sucesso da sua loja.

Certifique-se de manter em mãos uma lista com todos os experimentos que você planeja executar no futuro, para nunca ficar sem ideias a ser exploradas.

Para começar a criar sua lista, confira algumas sugestões de elementos diferentes que podem ser testados na sua loja online.

Página Inicial

Considere sua página inicial como uma vitrine física. Ela é a fachada da sua loja: chama atenção, desperta curiosidade e atrai as pessoas para dentro.

Sua página inicial deve ser convidativa e facilitar o acesso e a navegação das pessoas em sua loja. Ela deve proporcionar uma experiência visualmente atrativa e consistente que trabalhe para alcançar um único objetivo: levar as pessoas para dentro da sua loja, de modo que elas consigam encontrar os produtos que desejam comprar.

1. Simplifique a Experiência

Quando falamos em criar uma página inicial eficiente, simplicidade é essencial. Bastam apenas dois décimos de segundo para um cliente formar uma primeira impressão sobre seu website, ou seja, você deve se esforçar ao máximo para fazer esses momentos valerem a pena. Evite sobrecarregar seus clientes com imagens e textos em excesso. Ao invés disso, comunique sua marca e mensagem através de um design simples e visualmente atraente.

Province of Canada

Dê uma olhada no website Province of Canada. Para a página inicial, eles utilizaram uma imagem principal grande que ocupa a maior parte do espaço acima da dobra. O conteúdo é simples e direto ao ponto, além de contar com uma chamada para ação clara que leva os visitantes diretamente para uma coleção.

Caso você não tenha certeza do que exibir como imagem principal, geralmente é melhor optar entre seus produtos mais vendidos ou rentáveis – ou, ainda, utilizar coleções (como novos produtos) ou promoções atuais. Isso é principalmente verdadeiro, pois 86% dos visitantes de websites desejam visualizar informações sobre produtos na página inicial.

2. Exiba Códigos de Cupom, Compras em Tempo Real e Mais

Assim que seus clientes acessam sua página inicial, você tem a oportunidade de começar a gerar entusiasmo e a levá-los rumo aos seus produtos. Caso sua meta seja obter mais tráfego aos seus produtos, existem diversos apps para lojistas do Shopify que podem ajudar a produzir demanda e incentivar aquisições:

  • Barras de Boas-Vindas: apps como Welcome Header Bar, Welcome Bar, Quick Announcement Bar e Promobar permitem que você compartilhe ofertas, códigos de cupom, promoções, etc., com seus clientes no momento em que eles chegam ao seu website. Esses apps adicionam uma barra flutuante não invasiva ao topo da sua página inicial para instantaneamente chamar a atenção dos seus clientes e levá-los exatamente aonde você deseja. Os códigos promocionais podem ser ferramentas poderosas: o Build.com conseguiu aumentar em 6% as conversões do seu tráfego de afiliados através de um código promocional personalizado.
  • Pop-ups: janelas pop-up e pop-under são ótimas para construir sua lista de e-mails. Experimente utilizar um app como o Privy ou POWr Popup para adicionar à sua página inicial um breve pop-up oferecendo um código de cupom em troca da assinatura da sua newsletter. O e-mail marketing é incrivelmente eficaz: de acordo com um estudo de 2014, 80% dos consumidores que se cadastraram para receber e-mails de uma marca durante um período de seis meses acabaram fazendo compras com base no conteúdo recebido.
  • Compras em Tempo Real: apps como Yo, Recent Sales Notification e Notify adicionam uma pequena notificação, no canto inferior da sua loja, que exibe compras realizadas por outros clientes em tempo real. Esses apps provocam um senso de urgência e oferecem aos clientes uma prova social de que outras pessoas estão comprando seus produtos naquele momento. Pesquisadores de psicologia comportamental da Universidade de Kentucky afirmam que situações urgentes fazem com que as pessoas ajam de forma rápida e impulsiva.

Atelier New Regime

Por exemplo, confira o website do Atelier New Regime. Eles utilizaram o app Free Shipping Bar para apresentar na página inicial seu limite mínimo para o frete grátis.

Atelier New Regime 2

Após alguns segundos, os visitantes da loja online recebem esse lindo pop-under gerado pelo app Modify Promotional Lightbox, que os incentiva a assinar o mailing list do Atelier New Regime e obter acesso a novidades e ofertas exclusivas.

3. Adicione Depoimentos para Gerar Confiança

Você já foi destaque nas principais publicações? Seus produtos são utilizados por grandes influenciadores? Inclua depoimentos, avaliações e distintivos em sua página inicial, em meio ao conteúdo principal, para gerar confiança e projetar credibilidade. Afinal, 88% dos consumidores confiam tanto nas avaliações online quanto nas recomendações de amigos e familiares.

Se você quiser criar novas oportunidades para receber depoimentos sobre seus produtos, confira nosso guia para hackear a imprensa ou tente entrar em contato direto com bloggers para receber destaque.

Descoberta de Produtos

Quando os clientes estiverem na sua página inicial, eles deverão conseguir encontrar os produtos desejados e descobrir novos produtos pelos quais possam se interessar. 47% dos clientes visualizarão produtos e serviços em um website antes de qualquer outra seção.

Seus clientes devem conseguir navegar pelo seu website através de uma função de busca bem pensada, além de um design inteligente de categorias e formas envolventes de se conhecer produtos.

 4. Utilize a Busca Inteligente

Caso seus clientes estejam buscando um produto em seu website, é provável que eles não saibam onde encontrá-lo.

Durante suas próprias análises de CRO, a loja de roupas britânica Topshop percebeu que os clientes tinham dificuldade para encontrar e utilizar seu campo de busca interno – e que os clientes que conseguiam utilizar o campo de busca normalmente convertiam 10x mais do que os outros. Após muitos testes, a Topshop conseguiu aprimorar o design do campo de busca, o que levou a um aumento de 5,8% nas conversões.

Se a sua loja possui grande quantidade de produtos, você deverá considerar colocar em destaque sua barra de busca na página inicial, oferecendo aos clientes a oportunidade de acessar diretamente a página em que desejam estar, ao invés de ser preciso explorar entre as categorias.

Com apps como Findify e Instant Search+, você pode potencializar sua barra de busca através de resultados preditivos que ajudam seus clientes a encontrar o que procuram. Barras de busca inteligentes sugerem resultados e produtos conforme os usuários digitam, levando em consideração erros de grafia e nomes alternativos de produtos.

Busca Inteligente

A Sigler Music utiliza o app Instant Search + para ajudar seus clientes a encontrar precisamente o que buscam. Mesmo após a inserção de apenas algumas letras, a barra de busca começa a sugerir categorias, produtos e resultados relacionados.

5. Organize Suas Categorias com Eficiência

Para seus clientes, navegar pelo seu website deve ser algo fácil, simples e – acima de tudo – óbvio. Procure evitar separar seus produtos em muitas categorias diferentes. Ao invés disso, prefira entre 4 e 6 categorias amplas que contenham subcategorias mais específicas em forma de lista suspensa.

Organize suas categorias na barra de navegação com base na popularidade delas, destacando aquelas mais populares à frente.

6. Aproveite Suas Páginas 404

Suas páginas 404 são uma área sem saída? Em vez de deixar os clientes esperando ao acessar uma página 404, experimente levá-los para seções do seu website que possam ser mais úteis. Personalize sua página 404 de modo a destacar links às suas coleções, produtos e promoções mais populares.

Caso você precise de ajuda para editar sua página 404, confira este vídeo tutorial ou entre em contato com um Especialista do Shopify.

7. Adicione um Feed Comprável do Instagram

O Instagram é uma ferramenta extremamente poderosa para a descoberta de produtos. Incorporar um feed comprável do Instagram ao seu website é uma ótima oportunidade para inspirar seus fãs com lindas fotos e exibir seus produtos em diferentes cenários.

Os feeds compráveis do Instagram são perfeitos para exibir conteúdo gerado pelo usuário, o qual está começando a possuir papel fundamental no comportamento de compra dos millennials. Pesquisas indicam que 84% dos millennials afirmam que o conteúdo gerado pelo usuário nos websites possui influência sobre o que eles compram.

MVMT Instagram

Caso possua loja no Shopify, você pode incorporar seu feed do Instagram à sua loja online através de apps como Foursixty, Like2Have.it, Springbot, SocialPhotos e Showcase – assim como o exemplo acima, criado pela MVMT. Através desses feeds incorporáveis do Instagram, você pode promover seus principais produtos e fazer links diretos às páginas deles, oferecendo aos seus fãs uma forma visualmente envolvente para encontrar novos produtos.

Páginas de Produto

Cada uma das suas páginas de produto deve ser construída em torno de uma comunicação clara sobre o valor dos seus produtos para os clientes. Você deve criar experiências imersivas capazes de abranger todos os aspectos dos seus produtos e remover qualquer oportunidade de dúvida ou frustração.

8. Utilize Imagens de Produtos de Alta Qualidade

Fotos de produtos de alta qualidade são a parte mais importante de uma página de produto eficiente. Mais de 2/3 dos consumidores afirmam que fotos de produto de alta qualidade são uma parte muito importante do processo de compra – mais importante, na verdade, do que as informações ou avaliações dos produtos.

Como bônus, inclua um vídeo que demonstre seu produto em ação. Por exemplo, caso você venda camisetas, inclua um vídeo à sua página de produto com um modelo caminhando e vestindo uma das suas camisetas, para oferecer uma noção melhor do visual do produto em movimento. Os clientes ficam 85% mais propensos a fazer uma compra após assistir a um vídeo de produto.

Página de Produto Bando

A Bando possui ótimos exemplos de páginas de produto bem executadas. Confira esta página de uma agenda de 17 meses que contém diversas fotos de alta qualidade, além de um curioso e divertido vídeo que faz o produto brilhar. Os vídeos podem ser uma forma eficiente de apresentar seus produtos, principalmente porque os clientes que visualizam vídeos de produtos têm cerca de 2x mais probabilidade de fazer uma compra do que aqueles clientes que não visualizam.

9. Seja Franco Sobre Preço, Prazo de Entrega e Produtos Esgotados

A pior coisa que você pode fazer é iludir seus clientes – 28% dos clientes abandonarão seus carrinhos caso tenham que pagar custos de envio inesperados. Não tenha medo de informá-los plenamente sobre aspectos como preços, prazo de entrega e estoque. Caso você realize um bom trabalho na venda dos seus produtos e na comunicação a respeito do valor deles, seus clientes não se importarão em pagar um pouco a mais pelo frete – ou aguardar um tempo maior pela entrega.

Caso possua loja no Shopify, você também pode utilizar apps como Out of Stock Notifications e Restocked Alerts para oferecer aos seus clientes a opção de notificação sobre a renovação de produtos esgotados na sua loja.

10. Exiba as Avaliações dos Seus Produtos

As avaliações de produtos são uma ótima maneira de diminuir as dúvidas dos compradores hesitantes e oferecer aos seus clientes a prova social de que precisam para clicar no botão “adicionar ao carrinho”. De fato, 90% dos clientes afirmam que suas decisões de compra são influenciadas, de uma forma ou de outra, pela leitura de avaliações de produtos online.

Avaliações positivas podem fazer toda a diferença para convencer os compradores de que um produto realmente funciona e que vale a pena comprá-lo, além de ajudá-los a tomar decisões mais fundamentadas a respeito de tamanho, cor e outros aspectos.

Os lojistas do Shopify podem utilizar apps como Product Reviews e Yotpo para incorporar avaliações dos clientes diretamente às suas páginas de produto.

11- Beardbrand

As avaliações de produtos podem ser especialmente úteis para empresas de beleza e cuidados com a pele. A Beardbrand, por exemplo, utiliza o Yotpo para exibir avaliações em todas as suas páginas de produto.

11. Adicione um Feed do Instagram com Curadoria

Assim como as avaliações de produtos, os feeds do Instagram com curadoria também podem adicionar um componente de prova social às suas páginas de produto. Ao buscar informações sobre um produto, 51% dos consumidores norte-americanos confiam em conteúdo gerado pelo usuário, como fotos do Instagram, sobre qualquer outro elemento.

Feeds do Instagram nas páginas de produto são especialmente úteis para empresas de beleza e vestuário, pois podem demonstrar aos seus clientes como estilizar seus produtos, oferecendo-lhes uma noção melhor sobre a aparência desses itens na vida real.

Para incorporar feeds do Instagram às suas páginas de produto, experimente apps como Foursixty e Like2Have.it.

Experiência no Checkout

A experiência no checkout é uma das etapas finais do processo de compra de todo cliente. Portanto, ela deve ser extremamente suave e impecável, para evitar que clientes frustrados abandonem seus carrinhos no último minuto.

Neste ponto da jornada, seus clientes possuem clara intenção de realizar a compra. Você deve fazê-la acontecer de forma rápida e conveniente, sem estresse ou confusão.

12. Preencha os Dados do Seu Cliente Previamente

Você pode facilitar ainda mais a realização de novas compras pelos seus clientes atuais ao preencher previamente seus dados de envio e cobrança – através das contas de clientes. Quanto menos informações os clientes precisarem inserir, melhor. Um estudo do ano passado chegou a indicar que as conversões aumentam 200% quando as empresas permitem que os clientes preencham automaticamente as informações nas redes sociais.

Conta de Cliente

Na sua área administrativa do Shopify, acesse “Configurações” e clique em “Checkout”.

Conta de Cliente 2

Na seção “Contas de Clientes”, selecione “Contas são opcionais”. Com as contas opcionais, seus clientes ainda poderão fazer o checkout como convidados, mas também haverá a opção para que eles salvem seus dados após preencher suas informações pessoais.

Se quiser convidar seus clientes atuais para criar contas, você pode utilizar o app Bulk Account Invite Sender.

13. Envie E-mails Sobre Carrinhos Abandonados

Infelizmente, os clientes às vezes enchem seus carrinhos de produtos e, então, deixam sua loja sem intenção de retornar. Com os e-mails sobre carrinhos abandonados, você pode lembrar esses clientes sobre os itens nos quais já revelaram interesse e oferecer a eles um empurrãozinho para que voltem à sua loja e concluam a compra.

Carrinho de Compras Abandonado

Os e-mails sobre carrinhos abandonados podem ser criados na seção “Configurações” da sua área administrativa do Shopify. Acesse a seção “Checkout” e role a barra para baixo até a opção “Processamento de Pedidos”. Você pode escolher enviar e-mails sobre carrinhos abandonados após 6 horas ou 24 horas do abandono do carrinho pelo cliente.

Carrinho de Compras Abandonado 2

Também é possível personalizar seus e-mails sobre carrinhos abandonados na sua área administrativa do Shopify, para que eles se adequem à imagem e ao tom da sua marca. Acesse “Configurações” e clique em “Notificações”. Na coluna “Template”, você visualizará a opção “Checkout abandonado”.

14. Otimize Seus E-mails de Agradecimento/Confirmação de Pedido

Na mesma seção “Notificações” da sua área administrativa do Shopify, também é possível personalizar seus e-mails de confirmação de pedido.

Após a realização do pedido pelo cliente, ainda há uma oportunidade para levá-lo de volta ao seu funil de compras através da otimização do seu e-mail de confirmação de pedido – de modo a incentivar esse cliente a se cadastrar à sua newsletter, fazer um link para algum conteúdo no seu blog ou oferecer-lhe descontos e promoções exclusivas em futuras compras, como sinal de consideração.

Envio e Devoluções

Mesmo após o cliente ter passado por todo o processo de checkout, você deve lembrá-lo de que a compra não estará finalizada até que o produto chegue às suas mãos. Pense na sua forma de cuidar do envio e das devoluções como mais uma oportunidade para encantar seus clientes e transformar todos aqueles compradores ocasionais em clientes duradouros.

Aguardar uma embalagem é uma experiência que gera ansiedade. Receber um produto com o qual você não ficou satisfeito é ainda pior. Você deve fazer tudo o que for possível para transformar o envio e as devoluções em algo agradável para seu público.

15. Ofereça Frete Grátis

Valores altos de envio podem ser um enorme ponto negativo para os clientes e potencialmente impedi-los de fazer as compras. Experimente oferecer frete grátis para incentivar seus clientes a concretizar um pedido, independentemente da distância da viagem. O frete grátis pode proporcionar um alto impacto nas conversões: em um estudo de caso da SitePoint, a oferta de frete grátis aumentou as conversões em 50%.

16. Possua uma Política de Reembolso Clara

Não é nenhuma surpresa o fato de que alguns clientes hesitam em comprar online. Quando falamos de adquirir itens como roupas, pode ser difícil saber exatamente como será o caimento de uma peça pessoalmente. Para ajudar a amenizar as preocupações dos seus clientes, certifique-se de que seu negócio possua uma política clara de reembolso, para que eles saibam exatamente o que pode ser feito no caso de insatisfação com um pedido.

Utilize o Gerador de Política de Reembolso do Shopify para criar uma política de reembolso para sua loja.

Informações Adicionais

Embora otimizar elementos como sua página inicial, funcionalidades para a descoberta de produtos e as próprias páginas de produto seja crucial para levar seus clientes mais adiante no funil de conversão, você também deve garantir que seu website contenha informações adicionais, como dados de contato e uma seção “sobre”.

17. Conte uma História em Sua Página “Sobre”

Sua página “sobre” deve ser muito mais do que apenas um resumo da sua loja. Ela deve vender uma história aos seus clientes a respeito dos seus produtos e da missão da sua marca. O objetivo da sua página “sobre” deve ser a criação de um estilo de vida, em torno dos seus produtos, do qual seu público queira fazer parte.

Tente construir uma história ao redor dos seus produtos e da relação deles com seus clientes. Pergunte a si mesmo questões como: De onde veio sua ideia? O que a torna especial? Como seria um dia comum na vida do seu cliente ideal?

Endy Sleep

A Endy possui uma abrangente página “sobre” que vende os colchões da marca a partir de diversos ângulos. No topo, você encontrará uma ótima imagem principal, um breve resumo dos produtos deles e seus diferenciais, além de um link para avaliações dos clientes.

Endy Sleep 2

Enquanto rola a barra para baixo, você visualizará informações sobre envio e política de devolução, além de uma charmosa história a respeito da origem do nome da marca.

Caso você tenha dificuldade para encontrar as palavras certas, confira alguns recursos úteis para contar ótimas histórias sobre sua marca:

18. Crie uma Página de Contato Detalhada

Caso seus clientes queiram entrar em contato com você, eles devem fazê-lo com facilidade. De fato, 44% dos visitantes sairão de um website se não houver dados de contato ou um telefone disponível.

Para os clientes, não conseguir compartilhar suas impressões e opiniões – sejam elas positivas ou negativas – é uma experiência completamente frustrante. Sua página de contato deve incluir formas para seus clientes se comunicarem quando houver um problema, além de oportunidades para que eles se envolvam com sua marca de maneira divertida e estimulante.

Veja um breve checklist de todos os itens que sua página de contato deve incluir:

  • E-mail ou formulário de contato
  • Sua localização física, junto a um mapa e direções
  • Horário de funcionamento da sua loja física
  • Links para seus perfis nas redes sociais
  • Opções de contato para suporte, incluindo telefone ou e-mail

Velocidade e Desempenho do Website

O desempenho do seu website está intimamente ligado ao sucesso do seu negócio. De fato, caso o carregamento de um website leve mais do que três segundos, 40% dos visitantes sairão automaticamente. Trata-se de uma enorme quantidade de tráfego que você pode estar negligenciando sem ao menos perceber.

Imagine que você esteja esperando do lado de fora de uma loja e precise aguardar até que o proprietário venha abrir a porta para sua entrada. Obviamente, poderíamos esperar um ou dois segundos até que ele chegasse. Mas quinze segundos? Trinta? Experimente contá-los em voz alta, e você rapidamente perceberá pelo que seus clientes podem estar passando.

19. Garanta um Website Responsivo

Tornar-se responsivo no ambiente mobile deve ser uma enorme prioridade para sua empresa. Na verdade, 40% das pessoas escolherão outro resultado se aquele que acessarem não estiver otimizado para dispositivos móveis. Felizmente, caso você possua loja no Shopify, todos os temas da plataforma são automaticamente otimizados para oferecer uma exibição adequada em qualquer dispositivo.

Caso você queira conferir se o seu website é responsivo, basta inserir sua URL na ferramenta Mobile-Friendly Test do Google.

20. Otimize os Tempos de Carregamento do Seu Website

A forma mais fácil para verificar o tempo de carregamento da sua loja online é utilizar a ferramenta Pagespeed Insights do Google. Ela lhe fornecerá um relatório detalhado sobre a velocidade de carregamento do seu website, além de indicar quaisquer problemas que você possa resolver para aprimorá-la. Alternativamente, é possível fazer uso de ferramentas de avaliação como WebPageTest e Pingdom.

Embora otimizar os tempos de carregamento da sua loja possa ser um processo complicado, existem alguns aspectos que devem estar sempre em mente. O tamanho das suas imagens pode ter um impacto significativo na rapidez do carregamento do seu website. Experimente comprimir e otimizar cada imagem através de uma ferramenta como o ImageOptim. Esse programa remove todos os dados necessários de cada arquivo de imagem, criando tamanhos de arquivo muitos menores – sem diferenças visuais perceptíveis.

Além disso, os lojistas do Shopify podem experimentar desinstalar quaisquer apps que não estiverem utilizando, pois eles ainda podem afetar o tempo de carregamento do seu website, mesmo quando desativados.

Comece Seu Experimento Inicial

Agora que você possui algumas ideias, chegou a hora de começar a otimizar! Faça experimentos e descubra novas e empolgantes formas de aumentar suas conversões.

Lembre-se: permaneça sempre realizando testes.

Possui outras dúvidas sobre a Otimização da Taxa de Conversão? Conte para a gente nos comentários abaixo.

 

Deixe um comentário ...

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.