Por Que as Declarações de Visão Tradicionais Não Funcionam

Por Que as Declarações de Visão Tradicionais Não Funcionam

 Declaração de Visão

Nos últimos 20 anos, Cameron Herold teve participação em alguns dos negócios de maior sucesso na América do Norte.

Ele ajudou a expandir a receita anual da 1-800-GOT-JUNK de US$ 2 milhões para mais de US$ 100 milhões. Ele auxiliou a transformar a College Pro Painters na maior empresa de pintura residencial do mundo. E ajudou a fazer da Boyd Auto Body a maior oficina mecânica automotiva da América do Norte.

Cameron acredita que, se deseja expandir seu negócio com velocidade, você deverá desenvolver uma visão para o futuro. Porém, a receita dele para escrever uma declaração de visão é provavelmente bastante diferente de tudo aquilo que você já fez anteriormente.

Nesta breve edição do TGIM, você irá...

  • Saber por que a maioria das declarações de visão tradicionais são completamente ineficientes.
  • Conhecer documentos de visão vívida e aprender como eles podem ajudá-lo a planejar o futuro do seu negócio.
  • Obter acesso a modelos e documentos úteis que ajudarão você a escrever sua própria visão vívida.

Confira a entrevista completa abaixo:

 

Inscreva-se para o TGIM no iTunes

Os usuários do sistema Android podem fazer a inscrição ao programa no Google Play.

Transcrição:

Homem 1: Você já viveu isto, certo? O grande retiro da empresa, os players principais presentes na sala de reunião, expectativa no ar, todos reunidos para acertar a nova declaração de visão. Folhas em branco no tripé, o quadro branco apagado. Diversas notas adesivas na mesa. Todos prontos para começar. Mas existe um pequeno problema.

Cameron: As declarações de visão tradicionais não funcionam. Todos sabem disso. Pergunte a qualquer indivíduo de uma empresa se aquela breve declaração de missão ou visão dela o ajuda de alguma forma. Ele dará uma risadinha e afirmará: “Não. São uma bobagem”. Nós sabemos como elas são feitas. Você reúne um punhado de pessoas inteligentes em uma sala, todos inserem suas palavras em um quadro branco, e realiza-se uma votação a respeito delas. As palavras que não receberam votos são eliminadas. Você pega as seis palavras restantes e as transforma em uma frase – eis a sua declaração de missão. Ela realmente não conta a história inteira.

Homem 1: Cameron Harold está dizendo que a declaração de visão clássica é simplesmente ineficiente. Ela não funciona. Por que criaríamos algo que não funciona? Provavelmente, porque essa é a única coisa que nos ensinaram, mas você é um empreendedor. Está criando sua própria empresa. Não possui tempo para desperdiçar com ferramentas que não funcionam. Felizmente, Cameron Harold tem uma solução.

Cameron: Uma visão vívida consiste de um documento escrito, de três ou quatro páginas, produzido pelo CEO ou empreendedor, que descreve a empresa daqui a três anos. É quase como se você estivesse no dia 31 de dezembro e observasse daqui a três anos, descrevendo o que conseguisse ver e como cada área comercial estivesse interagindo, detalhando cada departamento do seu organograma de forma vívida, como se estivesse realmente no futuro. Esse documento de três ou quatro páginas, essa visão vívida, é o que permitirá à sua equipe conhecer o plano capaz de transformar o futuro em realidade. É onde o verdadeiro alinhamento começa a acontecer. As declarações de visão que contêm uma única frase realmente nunca funcionaram.

Homem 1: Trata-se de tentar visualizar o futuro. Os atletas fazem isso o tempo todo. Ao assistir às Olimpíadas neste verão, analise os competidores de salto em altura. Observe suas cabeças. Quase todos eles permanecem bastante eretos enquanto se preparam para saltar. Eles normalmente fecham os olhos. Eles podem até mesmo pendular suas cabeças para cima e para baixo, ou jogá-las para trás. Eles estão visualizando a si mesmos correndo até a barra e se lançando sobre ela. Então, eles abrem seus olhos, olham para a barra e saltam da forma como visualizaram. Não são apenas os atletas que fazem uso da visualização.

Cameron: Os construtores sempre utilizaram um processo de visão, no qual conversam com o dono da residência, e este descreve como deve ser a casa, o projeto remodelado ou o produto final. O dono da residência não sabe como construir a casa ou fazer a reforma, mas sabe como deve ficar o produto final. O construtor obtém esboços e desenhos com o proprietário, e esse é o tipo de visão a partir da qual ele trabalhará. Então, ele leva esses materiais e passa algumas semanas criando as plantas, que são efetivamente os planos para concretizar a visão do proprietário. Quando as plantas são aprovadas, elas são entregues aos trabalhadores, e estes basicamente seguem o plano para transformar a visão do CEO, ou do proprietário, em realidade. A verdade é que, quando essa visão é bastante clara, e o plano pode realmente ser realizado, o CEO sequer precisa conversar com os funcionários, pois todos estarão alinhados, literalmente na mesma página.

Homem 1: Se você estiver pronto para criar sua visão vívida, Cameron possui alguns passos a serem seguidos. Primeiramente, saia do seu escritório – você deve permitir que sua mente vagueie pelo futuro sem as restrições da rotina diária. Em seguida, desligue seu computador – Cameron acredita fortemente no uso de papel e caneta para este exercício. Pense em “onde”, e não em “como”. Tente visualizar onde você deseja estar, e não como fará isso. Por fim, pense fora da caixa. Sei que isso é um pouco clichê – e não se preocupe, caso você não seja criativo. Cameron recomenda o uso de um mapa mental. Escreva pensamentos aleatórios em um pedaço de papel e depois apenas faça o descarte deles. Lembre-se: este é um exercício de visualização do seu futuro. Você deverá imaginar que está entrando em uma máquina do tempo e viajando rumo a três anos à frente.

Finja que você está andando pelo seu escritório e fazendo anotações. O que você vê? O que seus clientes estão dizendo? O que a mídia está escrevendo sobre você? O que seus funcionários estão dizendo, enquanto se reúnem próximo ao refrigerador de água? Como está seu marketing? E de que forma você está sendo financiado? Como estão as finanças da sua empresa? Como está sendo o dia a dia dela? Que tipo de coisas você está fazendo diariamente? Reúna tudo isso e escreva um documento de três páginas que descreva em detalhes vívidos como será sua empresa. Essa é sua visão vívida. Simples assim.

Pronto. Você imaginou seu futuro. Você escreveu sua visão vívida. Agora, Cameron Harold afirma que há um último passo.

Cameron: Trata-se de comunicar, comunicar, comunicar. Você deve constantemente comunicar seus valores básicos, seu objetivo principal, sua visão vívida, para que todos possam sempre visualizar o futuro, mas executá-lo hoje. Os CEOs devem criar sistemas para continuar comunicando a visão vívida para todos os seus funcionários, fornecedores e clientes, de forma trimestral e mensal – é preciso fazer com que todas as partes interessadas releiam a visão vívida mensalmente, no mínimo. Eles sempre estarão visualizando e pensando no futuro daqui a três anos, mas tomando decisões e executando-as hoje mesmo – porém, essas decisões estarão alinhadas com sua visão futura. Se você simplesmente definir uma visão e torcer para que as pessoas se lembrem dela, será uma loucura.

Homem 1: Incluímos alguns links nas notas do programa, caso vocês queiram ler um exemplo da visão vívida de uma empresa com a qual Cameron Harold trabalhou – ou vocês podem fazer o download da planilha que ele criou para vocês começarem a criar suas próprias visões vívidas. Tudo isso está disponível nas notas do programa, no seu app de podcast ou no site Shopify.com/TGIM.

Notas do programa:

Sobre o TGIM: o TGIM é um podcast voltado às pessoas que não veem a hora da semana começar. Em cada episódio, nós traremos histórias inspiradoras de empreendedores que superaram obstáculos, construíram empresas incríveis e agora estão vivendo a vida que sonhavam.

Sobre o autor

Jordan Simas é escritor do Shopify, maluco por banquetes de sushi e apaixonado por efeitos sonoros de sintetizadores.

Tópicos:

Deixe um comentário ...

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.