QR codes no Brasil: o guia completo

QR codes no Brasil: o guia completo

Guia completo de qr codes

Você já se perguntou de onde surgiu e para que serve o QR code, também chamado de código QR? Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre essa tecnologia que veio do Japão.

Em uma geração onde a praticidade e a rapidez são fundamentais, usar o código QR tornou-se símbolo dessa nova era.

Ao longo dos anos, os QR codes têm se espalhado por uma grande variedade de segmentos online e offline. Quem não já se deparou com um QR code na notinha do supermercado?

Seu emprego pode ser uma solução útil e criativa para chamar a atenção dos seus clientes e melhorar a interação com eles.

O QR Code pode ser lido por qualquer aparelho celular, smartphone ou tablet que tenha uma câmera simples integrada. Vários aplicativos para ler o QR code podem ser encontrados no Google Play ou App store.

No entanto, a tecnologia está se popularizando por um conjunto de outros fatores. Sua ampla adoção ultrapassa meras questões técnicas. A implementação de códigos QR:

  • contempla ações de marketing;
  • envolve os conceitos de localização virtual e remota;
  • atende a fins de publicidade;
  • funciona bem para o setor de recrutamento;
  • substitui os velhos códigos de barras EAN 13 para controle de estoque e inventário;
  • maximiza até a apresentação pessoal. Isso porque a presença de um código QR em um cartão de visitas pode mostrar que você é um profissional dinâmico, sempre atento ao que acontece no mercado.

Se você quer entender os QR codes, de onde surgiram, como usá-los e, principalmente, como lê-los, temos tudo o que você precisa saber nesse artigo. 

Quais informações você vai encontrar por aqui?

  • O que são os QR codes ou códigos bidimensionais
  • Qual a origem dos QR codes
  • Como são utilizados os QR codes
  • Quais as vantagens dos QR code
  • Como gerar QR codes
  • Qual a diferença entre códigos QR dinâmicos e códigos QR estáticos
  • Etapas para a criação de um código QR

O que são os QR codes ou códigos bidimensionais

Os QR codes são códigos bidimensionais (2D) com grande capacidade de armazenamento de informações. O termo QR significa "Quick Response", ou seja, "resposta rápida" em inglês. Sua aplicação inicial ocorreu na indústria automotiva para catalogar peças na produção de veículos, mas hoje o sistema tem ganho espaço nos mais variados segmentos.

norma ISO 18004, define o QR Code como:

"um grafismo matricial constituído por um conjunto de módulos nominalmente quadrados dispostos em um padrão global na forma de quadrado, que inclui um padrão único, com localizador, encontrado nos três cantos do símbolo e destinado a facilitar a localização de sua posição, tamanho e inclinação".

O símbolo pode ser lido por um dispositivo de imagem como uma câmera, sendo processado por meio da correção de erros de Reed-Solomon, até que a imagem possa ser interpretada da forma pretendida. As informações necessárias são então extraídas dos padrões presentes em componentes horizontais e verticais da imagem.

O código QR é convertido em texto, apresentando uma riqueza de dados sobre um serviço ou produto. Sua capacidade de armazenamento é muito grande e pode conter os seguintes tipos e quantidades de caracteres:

  • 7.089 caracteres numéricos.
  • 4.296 caracteres alfanuméricos.
  • 2.953 caracteres binários (8 bits).
  • 1.817 kanji/kana (alfabeto japonês).

Os códigos podem ser escaneados com a maioria dos aparelhos celulares equipados com câmera. Isso provavelmente justifica a velocidade com que a tecnologia conquistou o mercado.

A estrutura desse código bidimensional pode utilizar números e até frases completas em sua composição. 

Qual a origem dos QR codes?

Sua criação data de 1994, sendo atribuída a Denso Wave. A equipe foi liderada por Masahiro Hara e tinha o objetivo inicial de encontrar veículos durante o processo de fabricação.

Inventor do QR code - Denso Wave
Créditos da imagem: businesswire.com

No setor automotivo, a tecnologia de código QR tornou-se popular devido a características como rápida legibilidade e maior capacidade de armazenamento, quando comparada ao padrão de códigos de barras tradicionais, como o EAN 13.

As possibilidades de uso na época incluíam rastreamento do produto, identificação do item, tempo de monitoramento, gerenciamento de documentos e marketing em geral.

Como são utilizados os QR Codes?

Como já mencionado anteriormente, o código QR foi desenvolvido na década de 1990 para auxiliar na catalogação de peças da indústria japonesa de veículos. Já no início da década seguinte, quando a tecnologia de celular estava se modernizando, foi observado que até mesmo as câmeras VGA de baixa resolução eram capazes de ler os códigos QR. Então a aplicação do código se tornou quase infinita, abrangendo praticamente qualquer área.

Hoje em dia, o código QR pode ser visto em quase todos os lugares, como passagens de ônibus, cartões e anúncios publicitários. Para decifrá-los, basta direcionar a câmera do celular para o símbolo em preto e branco, e o consumidor será redirecionado para a página da empresa.

O QR code foi usado pela primeira vez no Brasil em anúncios feitos pela Fast Shop, em dezembro de 2007. Em junho de 2008 a Nova Schin fez um anúncio usando um código QR. Logo após veio a Claro, e por último a Volkswagen que usou os códigos em uma ação durante o Salão do Automóvel.

Esse tipo de código passou a ser muito utilizado na indústria do turismo. Nesse segmento, costuma ser incluído em mapas para otimizar o passeio e orientar os turistas de forma dinâmica.

Notinha de supermercado com qr code

Créditos: Blog Ibratef

No Brasil, o sistema também conquistou espaço principalmente no gerenciamento de estoque e inventário de supermercados e de grandes e médios varejistas, mas você pode encontrá-lo em jornais, revistas e cartazes. Um dos aspectos que o tornam mais atraente é possibilidade de qualquer empresa ou pessoa física gerar seus próprios códigos.

Agora, existe a possibilidade de o cliente comparar os preços do produto que planeja adquirir, descobrir informações importantes para a compra ou obter dados sobre lugares, publicações e eventos.

Para serem digitalizados, basta que o usuário tenha em mãos um celular ou smartphone equipado com câmera e com um aplicativo digitalizador (QR Code Scanner) instalado. 

Quem deseja digitalizar um código deve abrir a área que exibe o design em preto e branco e manter o foco da câmera voltado ao código QR. A digitalização é concluída em segundos. A fim de escolher o melhor aplicativo para leitura de códigos, você pode se guiar pelas avaliações dos usuários.

Quais as vantagens do QR Code?

Os códigos QR possuem várias vantagens, tais como:

  • São bastante superiores em relação aos códigos de barras lineares, pois agregam vários dados em um símbolo compacto. Além disso, eles possuem suporte a caracteres kanji, o que é extremamente importante visto que várias peças e produtos têm como origem o Japão ou a China.
  • Podem ser usados por qualquer pessoa, sem nenhum custo adicional. A empresa criadora abriu mão de todos os direitos da patente para o domínio público.
  • São lidos por celulares com câmera digital (quem não possui uma câmera digital hoje em dia?), e podem dar acesso a informações na rede, sites, campanhas de marketing, SMS e até chamadas telefônicas.
  • A capacidade de leitura de alta velocidade, em todas as direções (360º). Eles também podem ser lidos mesmo em superfícies que não sejam planas.

Como gerar QR codes online?

Gerar QR codes online pode ser uma tarefa fácil. Tudo depende do que você tem em mente em termos de inserção de dados, bem como da quantidade de códigos que você deseja produzir.

Existem diversas ferramentas que podem ser utilizadas para o processo de criação de um código QR online. Algumas ferramentas online para gerar códigos QR online são:

1. Gerador de QR code da Shopify

Gerador de QR code do Shopify

O gerador de QR code da Shopify é totalmente grátis e possui 4 opções para criar o seu código QR: 

  • URL do site
  • Telefone
  • SMS e Texto

Todos os QR codes criados são enviados diretamente para o seu e-mail, o que facilita bastante o seu trabalho.

2. QR Code Generator

Ferramenta para gerar códigos QR - QR Code Generator

Você pode criar todos os tipos de códigos QR com essa ferramenta, em particular os de texto, SMS, URL e e-mail. Ela possui a versão grátis e paga, mas em ambas você possui a mesma qualidade.

Aplicativos de QR code

 

Existem várias aplicativos geradores de QR codes no Android e iOS, tais como:

1. TapMedia QR Reader

TapMedia Qr code Reader

 

Créditos: TapMedia

Esse leitor de QR code da TapMedia oferece várias opções para criar códigos QR personalizados.

Que tipos de códigos QR posso criar:

  • Página web
  • Telefone de contato
  • Texto
  • Geolocalização
  • E-mail
  • SMS e mais.

Vantagens

  • Muito fácil de usar
  • Lê e cria QR codes

Desvantagens

  • Apenas na língua inglesa
  • Algumas vezes a leitura demora
  • Interface pouco atrativa

 

2. QR code Generator and Scanner

Qr Code Reader and Scanner

Créditos: Google Play

O QR code Generator and Scanner é outro gerador de códigos QR com informações que podem ser personalizadas pelo usuário. No item “Contato”, você pode fazer o seu QR code para cartão de visitas sem problemas com nome, empresa, telefone, endereço e até inserir a URL do seu site. 

Que tipos de códigos QR posso criar:

  • Texto
  • Contato (cartão de visita)
  • Página da web
  • SMS
  • Telefone
  • Wifi

Vantagens

  • Muito fácil de usar
  • Lê e cria QR codes
  • Possui galeria interna
  • Compartilhamento de QR codes

Desvantagens

  • Apenas na língua inglesa
  • Possui anúncios

Os aplicativos relacionados estão disponíveis tanto no sistema operacional Android como no iOS da Apple. Muitos deles são gratuitos, incluindo recursos como exibição de quantas pessoas visualizaram seus códigos.

Em todos os casos, existem alternativas gratuitas e opções pagas. Naturalmente, essas últimas oferecem mais possibilidades de criação, maior quantidade de recursos e maior número de códigos QR produzidos.

Qual a diferença entre códigos QR dinâmicos e códigos QR estáticos?

Existem dois tipos de códigos QR que possuem aplicações distintas e igualmente úteis: 

Código QR dinâmico ou código QR vivo

Os códigos QR dinâmicos são utilizados em geral para armazenar links que redirecionam o usuário diretamente para o site de destino quando o código é lido por uma câmera de aparelho celular.

Eles podem ser utilizados para estabelecer conexão entre um aparelho celular e uma rede social ou serviço sem necessidade de login, pois a autenticação é gerada e lida na mesma hora.

Os códigos QR dinâmicos também apresentam a vantagem de possibilitar edição sem interferência na estrutura do código, o que gera uma versatilidade muito grande.

Código QR estático

Os códigos QR estáticos são utilizados para armazenar textos e armazenar links, bem como para fazer redirecionamentos sem necessidade de uma segunda ligação. Eles apresentam uma boa capacidade de armazenamento. Além disso, não apresentam requisitos tecnológicos, como é o caso do código QR dinâmico.

O código QR estático não pode ter seu conteúdo alterado depois da criação do código. Por isso, em caso de erro, o utilizador é obrigado a criar um novo código QR.

Qual tipo de código QR devo utilizar?

Você provavelmente está se perguntando qual dos dois tipos você deve adotar. Para ajudá-lo a responder essa pergunta, vamos voltar brevemente ao tópico de onde e como gerar seus códigos QR. Praticamente todas as opções gratuitas geram códigos estáticos quase de maneira exclusiva, enquanto as alternativas pagas oferecem tanto códigos estáticos quanto dinâmicos, de acordo com a sua preferência.

A diferença básica entre os códigos QR estáticos e dinâmicos é que o estático não pode ser alterado em etapas posteriores. Se esse recurso for fundamental para o seu negócio, você deve considerar o uso de geradores pagos. Caso contrário, os dois tipos de códigos funcionarão muito bem.

Etapas para a criação de um código QR

Agora que você já sabe que pode criar seu próprio código bidimensional sem gastar nada, vamos falar um pouco sobre como colocar isso em prática. Para isso, confira quatro passos simples para incorporar a tecnologia a fim de maximizar seus negócios.

1. Selecione um gerador de QR code

Você deve ficar atento na hora de escolher o gerador certo para sua empresa. Veja se o gerador escolhido possui as características que você precisa, e se será necessário um código QR exclusivo para a sua marca ou serviço.

Observe também se há compatibilidade com os leitores ou aplicativos de leitura mais comuns do mercado.

2. Crie e atribua seu código bidimensional

Usando os geradores de QR code citados acima, você pode personalizar seu design de acordo com a sua marca. Isso porque você pode fazer com que seu código se pareça com seu logotipo ou que reflita o layout de seu site, entre outras possibilidades. Nesta etapa você pode exercer toda a sua criatividade.

3. Teste o código QR

É extremamente importante verificar se o código QR é lido de forma correta, ou seja, se os dados pretendidos são efetivamente comunicados ao consumidor. Não se esqueça de testar vários aplicativos e leitores, a fim de evitar imprevistos. Uma boa ferramenta gratuita que ajuda nessa tarefa é o Google Goggles, que tira uma foto do código e depois informa qual link ou dado foi lido a partir da leitura.

4. Acompanhe e avalie o desempenho

Como qualquer campanha de marketing, é preciso acompanhar os resultados do uso de códigos QR para verificar se estão realmente funcionando. É fundamental avaliar informações como quantidade de tráfego gerada por cada código, se as pessoas que leram o código efetivamente resgataram a oferta ao serem direcionadas para sua página ou se elas nem se sentiram motivadas a ler o código.

Procurar essas respostas ajuda a solucionar problemas e ajustar os seus códigos QR de baixo desempenho de acordo com os que são mais produtivos.

Você tem alguma colocação a respeito de QR codes ou algo a acrescentar? Deixe a sua mensagem nos comentários abaixo.

Tópicos:

2 comentários

  • Bruno Mocellin
    Bruno Mocellin
    August 07 2017, 09:25PM

    Eu tenho uma dúvida quanto ao uso do QR Dinamico. Poderia eu alocar um produto, atribuindo um ID a ele e Locação com QR Dinamico, e fazer movimentações de entrada e saída da locação com ele?

  • HUEI LIN ALLEGRETTI
    HUEI LIN ALLEGRETTI
    February 05 2018, 10:16AM

    tenho uma dúvida: poderia-se utilizar o QR para rastreabilidade do produto comercializado?

Deixe um comentário ...

Comece já o seu teste grátis de 14 dias.