Blogs da Shopify

O compromisso da Shopify com o meio ambiente

A Shopify dedica pelo menos 5 milhões de dólares todo ano para lutar pela causa ambiental com o Fundo Shopify para a Sustentabilidade.

Carta de Tobi Lütke, diretor executivo da Shopify

Em 2015, quando a Shopify estava prestes a abrir o capital na bolsa de valores, eu escrevi uma carta no nosso registro F1 que dizia:

Quero que a Shopify seja uma empresa capaz de enxergar o próximo século.

Após refletir mais profundamente sobre o assunto, percebi que deixei de fora dessa carta uma condição muito importante. Para que esta seja uma meta realmente almejável, temos que garantir que valerá a pena chegar ao próximo século. Por isso, para fazer a nossa previsão para daqui a cem anos acontecer, além de tornar o comércio melhor para todos, temos que cuidar melhor do nosso planeta.

A Shopify tomou uma série de medidas para construir uma empresa sustentável, como neutralizar suas emissões de carbono. Estamos estabelecendo os melhores padrões do mercado, comprando créditos para todo o carbono que essa empresa já utilizou e utilizará, e apostamos na energia renovável para turbinar as nossas operações.

Mas fazer isso não basta.

Por que não basta?

A trajetória da história da humanidade mudou para sempre quando descobrimos a presença de combustíveis fósseis no solo. Nos últimos 200 anos, usamos esse combustível para dar a partida em tudo, da Revolução Industrial à modernidade. Nosso planeta passou por uma fase de riqueza e saúde sem precedentes devido a essas inovações. Nunca houve uma melhor época para se estar vivo e essa mesma sensação deve valer para o futuro.

Infelizmente, o uso que fazemos da energia tem consequências. A cada passo que a humanidade deu, injetamos carbono na atmosfera e mudamos gradualmente o clima do planeta. 

Antes da Revolução Industrial, nosso ar tinha em média 280 partes por milhão (ppm) de dióxido de carbono (CO2). Porém, os mercados que surgiram dessa revolução consumiram muita energia, provocando um aumento radical das taxas de COatmosférico. Pela primeira vez na história documentada, nossos níveis de COestão acima de 400 ppm. E esse cenário é péssimo.

Sem nos dar conta, criamos um ciclo que se retroalimenta de forma cada vez mais intensa, provocando um desequilíbrio maciço em nossa atmosfera. Ele está elevando o nível do mar, aumentando a ocorrência de secas e inundações, causando a acidificação dos oceanos, entre outras externalidades que colocam a nossa sobrevivência em risco.

Muitos querem fazer algo a respeito disso tudo; de nossa parte, nós compramos créditos de carbono. Esse termo nos faze pensar em painéis de energia solar e árvores sendo plantadas por aí, mas a realidade desse assunto é bem diferente. Os créditos de carbono costumam ser um tema nebuloso e confuso. Alguns são criados simplesmente se você colocar filtros nas chaminés de fábricas particularmente poluentes que não deveriam nem estar funcionando. Os maiores compradores de créditos de carbono em geral são os maiores poluidores que buscam ser absolvidos de sua culpa; ou seja, tais créditos funcionam como as indulgências medievais, só que com um toque de modernidade. 

Além disso, os créditos de carbono nem sempre reduzem o carbono contido no ar. Na melhor das hipóteses, eles diminuem as emissões. Na pior das hipóteses, eles financiam projetos ineficientes. Mesmo se pudéssemos compensar todas as emissões futuras, ainda há muito carbono no ar hoje. Os créditos de carbono são melhor do que nada, mas não são bons o suficiente. 

Nós já procrastinamos coletivamente por tantos anos que a única maneira de resolver esse problema é extrair o carbono do ar, e não apenas impedir que mais carbono entre na atmosfera. Em outras palavras, precisamos investir no sequestro de carbono diretamente do ar. É preciso remover as moléculas de CO2 do ar, quebrando o carbono delas e transformando-os em um tijolo (ou um produto valioso!) que nunca lançará seu carbono na atmosfera mais uma vez.

Essa é uma das melhores abordagens de longo prazo para as mudanças climáticas, porque funciona independentemente das emissões e pode mitigar o problema de forma retroativa. Porém, hoje, o sequestro de carbono é um processo extremamente caro. Eu poderia compensar uma tonelada de carbono por 5 dólares, mas gastaria mais de mil dólares para sequestrar o mesmo volume de carbono. Isso significa que a maioria das pessoas não fará isso, ou nem sabe que essa opção existe, o que faz com que a demanda pelo sequestro de carbono seja muito menor que a de outras formas de compensação.

É aí que a Shopify pode ajudar

Em termos abstratos, a Shopify sempre usou técnicas de engenharia para criar forças de mercado. Essas técnicas tornaram mais fácil e mais barato empreender e, por causa disso, mais empreendedores começaram a abrir mais lojas virtuais. Ao melhorar a oferta de ferramentas simples de empreendedorismo, nós reduzimos os atritos e aumentamos radicalmente a demanda. 

Se queremos resolver a crise climática, nós, enquanto coletivo, precisamos fazer o mesmo em relação ao sequestro de carbono: diminuir o ponto de atrito (nesse caso, o preço) para que a demanda possa subir. Ao longo da história da indústria, vimos repetidas vezes que a demanda leva a uma oferta mais eficiente. Pense nas radicais reduções de preços de computadores, telefones celulares e internet das últimas décadas. As baterias de íon de lítio são 85% mais baratas agora do que há uma década graças ao aumento significativo na demanda de carros elétricos, armazenamento energético em rede e outros eletrônicos. 

Uma vez que exista uma demanda por sequestro de carbono comprometida, de longo prazo e crescente, os engenheiros poderão investir nas mesmas técnicas eficientes de fabricação que reduziram os preços de todas as outras tecnologias que tanto amamos. Empresas renomadas, como a Carbon Engineering e a Climeworks já estão procurando soluções científicas e protótipos, e há muito espaço para mais agentes inovadores trabalhando nessa empreitada. Também há espaço para mais empresas investirem nessa área, como feito pelos nossos parceiros Google e Stripe.

Em suma, precisamos de mais demanda para obter melhores preços, mas precisamos de melhores preços para obter mais demanda. Como resolver esse dilema? Pagando a mais e de forma intencional pelo sequestro de carbono, para alavancar a demanda. 

Esse setor tem o potencial de estimular a inovação, assim como os combustíveis fósseis fizeram no passado. Só que desta vez, a externalidade não é a poluição. É justamente o contrário. É salvar o planeta.

Conheça o Fundo Shopify para a Sustentabilidade

O Fundo Shopify para a Sustentabilidade reunirá todos os nossos investimentos ambientais, incluindo o sequestro de carbono. Nosso objetivo é aumentar o nosso compromisso financeiro anual com base no crescimento da nossa receita. 

O fundo alocará de forma inteligente cada dólar às tecnologias e projetos mais promissores e impactantes que combatem as mudanças climáticas em nível global, mesmo que isso signifique pagar a mais por elas.

O que já conseguimos fazer com o fundo:

  • Comprar 1 milhão de dólares de carbono sequestrado por qualquer preço: a Shopify se compromete a investir pelo menos um milhão de dólares por ano em sequestro de carbono. Nosso objetivo é desencadear a demanda e a previsibilidade desse mercado, para que a engenharia industrial possa escalar e o preço baixar.
  • Operações neutras em carbono: nós compramos energia renovável suficiente para neutralizar nossa pegada de carbono no Canadá e, em 2020, planejamos alimentar 100% de nossas operações globais com energia renovável. Também compensaremos todas as emissões relacionadas a viagens.
  • Plataforma neutra em carbono: o sistema da Shopify é completamente executado em data centers alimentados por energia renovável.
  • Escritórios sustentáveis: buscamos escritórios com certificação LEED e a maior parte da nossa metragem quadrada é LEED Gold ou LEED Platinum. Escolhemos edifícios em áreas com altos índices de circulação e capacidade de locomoção a pé e, sempre que possível, construímos nossos edifícios com materiais produzidos localmente. Isso também envolve medidas de menor escala, mas que têm impacto local, como adicionar racks e armazenamento para bicicletas em todos os escritórios.

Queremos que nossos lojistas e seus clientes participem dessa empreitada:

  • Frete sustentável: a sustentabilidade permanecerá como o princípio fundamental da Rede de processamento da Shopify, com foco em embalagens sustentáveis.
  • Para participar como lojista: queremos oferecer aos nossos lojistas a capacidade de atingir a neutralidade de carbono ou emissões negativas de carbono em seus envios por meio de um app simples, que poderá ser instalado em suas lojas.
  • Para participar como cliente: quem se preocupa com o impacto ambiental de todas as embalagens chegando à sua casa pode baixar o app Arrive da Shopify. Planejamos usar nosso fundo para compensar automaticamente o impacto de carbono de todas as remessas rastreadas pelo app.

Junte-se a nós, não temos tempo a perder

O comércio é um veículo eficiente em promover mudanças. Usar as forças de oferta e demanda do mercado para outras causas dignas é uma das receitas mais potentes para o progresso. É possível ter essa abordagem até para encarar os maiores desafios do mundo, como as mudanças climáticas. Bateu a curiosidade? Então não deixe de ler mais sobre a política ambiental da Shopify (disponível somente em inglês).

As pessoas e as empresas que fazem escolhas conscientes são capazes de mudar o mundo. Invista seu dinheiro para alavancar mercados como o de sequestro de carbono e nos ajude a preservar o nosso planeta.

- tobi,
CEO da Shopify


Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora e intérprete de conferências e, em parceria com a Shopify, faz a curadoria e a localização de conteúdo para o blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Tobi Lütke

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

Tópicos: